terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

NOVA ENERGIA NA PRÁTICA


NOVA ENERGIA NA PRÁTICA
Por Ana Claudia Ferreira de Oliveira

Tive uma experiência esses dias que me chamou muito a atenção sobre como o Universo trabalha maravilhosamente a nosso favor, mesmo quando julgamos que estamos sendo submetidos a uma boa dose de sofrimento na 3D.

Duas irmãs, muito amigas da família, vieram à minha cidade passear. Eu sentia que aquele seria um encontro importante para mim, mas não tinha ideia do que isso, de fato, representava.

Era um grande feriado nacional e elas queriam passear um pouco e visitar algumas lojas. Elas haviam acabado de construir uma linda e moderna casa num excelente condomínio fechado da cidade onde vivem. E faltavam luminárias e alguns outros itens de decoração para dar o ar de aconchego que elas tanto buscavam no novo lar. Então a proposta era descanso, lazer e compras na cidade grande.

Tudo começa na reserva do apartamento onde iriam se acomodar. Elas encontraram um ótimo lugar, numa região agradável, com um preço melhor ainda, quase inacreditável. Fizeram a reserva.

Passadas duas semanas, o site responsável pela reserva, entra em contato com elas dizendo que o valor das tarifas cobradas no cartão estavam erradas, uma vez que eles tiveram seu site invadido naquele período em que a reserva foi feita. O valor correto da diária era cerca de R$ 300,00, três vezes mais o valor que elas haviam pago. 

Ainda, por conta dessa invasão ao site, o cartão de uma delas, através do qual havia sido cobrada a reserva, fora clonado e havia sido feita uma compra no valor de R$ 3.000,00, que o banco rapidamente estornou uma vez que foi avisado do golpe. Estou sendo específica com os números porque foi através deles que o Universo mandou o recado muito claramente.. 

Minhas amigas ficaram bastante chateadas com a confusão e com a mudança no valor da tarifa. E pressionaram a equipe do site para que mantivesse o valor da reserva, uma vez que elas, clientes, não eram responsáveis pelo engano.

Elas chegaram a cogitar não vir mais ao passeio, caso o site decidisse que cobraria o valor correto da diária. E, vejam, elas estão numa condição financeira que está bem longe de impedi-las de usufruir de um passeio desses, mesmo que tivessem que pagar o valor integral da diária.

Pois bem. O site decidiu que as atenderia e deixou a reserva pelo valor menor. 

E assim elas vieram até aqui.

Quando nos encontramos para jantar elas me contaram sobre esse ocorrido da reserva do apartamento, da clonagem do cartão, e de como estavam achando tudo muito caro aqui. Apesar de estarem vivendo uma condição financeira muito privilegiada (e tenho que dizer, por mérito e esforço próprios das duas) em um momento de grave crise econômica no País, elas seguiram reclamando do trabalho, dos clientes, dos funcionários, e dos preços do estacionamento, das luminárias, etc.

Passamos uma noite agradável juntas porque, apesar das reclamações, são amigas muito queridas e fazia tempo que não nos encontrávamos. E, de fato, não deixam de ter razão em relação a alguns preços abusivos às vezes praticados na cidade, embora isso não fosse nenhuma novidade para elas.

No dia seguinte ao nosso jantar, depois de muito pesquisar, elas efetivamente comprariam as luminárias e os outros objetos, e combinamos de nos encontrarmos à noite novamente para outro jantar antes da partida delas que seria no outro dia logo cedo.

E, assim fizemos. O jantar novamente foi agradável mas continuaram as reclamações sobre os preços e os absurdos dos valores dos impostos (o que também, de fato, é verdade).

Essas minhas amigas, quando ainda eram muito jovens, sofreram um revés financeiro na família. Elas que estavam fora do País estudando, decidiram abrir mão de uma vida no exterior, e voltaram para sua cidade natal, para juntas trabalharem a fim de reconstruir o patrimônio da família. Foi realmente um momento muito difícil da vida, com muita contenção e muito trabalho.

Elas centralizaram tudo em suas mãos e recolocaram a família no eixo. E o mérito é realmente delas por todos os enfrentamentos familiares que tiveram de fazer para salvar a família e conseguir uma condição muito melhor de vida para todos.

E ainda hoje elas mantêm o controle de tudo porque entendem que é a única maneira de preservar o que foi tão duro de reconquistar. Desde então, elas se permitem usufruir um pouco do grande patrimônio, mas não sem uma boa dose de sofrimento e reclamação. 

Tudo isso não aconteceu sem deixar marcas profundas nas duas irmãs. Uma delas tem uma personalidade mais passiva, um tanto submetida até à outra irmã, e abusa da comida. E a outra, mais ativa e mais controladora, abusa da bebida algumas vezes, o que funciona como uma espécie de válvula de escape para tanto controle. 

Durante o jantar, entramos no assunto de algumas bebidas e ela me disse num dado momento que realmente não comprava bebidas caras para ter em casa, pois não durariam mais que uma semana, afinal de contas, esse era seu ponto fraco, assumindo que tinha plena consciência disso.

Na saída do jantar, elas estavam dirigindo o carro em direção ao apartamento onde estavam hospedadas, quando foram paradas por uma blitz da ‘Lei Seca’. Ela havia bebido um tanto a mais, mas realmente não fica alterada e sequer aparenta ter bebido álcool.

O policial pediu que ela fizesse o teste do bafômetro que acusou um índice passível de multa e de proibição de dirigir pelo período de 1 ano.

O policial fez a autuação da multa, recolheu a carteira de habilitação, explicou os procedimentos e as liberou desde que a outra irmã fosse dirigindo o veículo até o destino.

O interessante é que, pela lei, a multa, nesse caso, começa num valor de quase R$ 300,00, mas ela pode ser multiplicado por até 10x de acordo com o entendimento da autoridade policial, ou seja, quase R$ 3.000,00.

Lembram-se dos valores citados lá no início da história?

Pois bem, para o desgosto da minha amiga, o policial determinou a multa no valor máximo, ou seja, em torno de R$ 3.000,00. E, além disso, ela estará impedida de dirigir por 1 ano quando for a época da renovação da sua carteira de habilitação.

Há quem diga que se trate de mera coincidência os valores da reserva do apartamento, da compra no cartão clonado e os valores das multas. Na minha visão isso é a sincronicidade operando e o Universo falando com elas através dos números.

Vocês conseguem perceber a ligação entre a atitude e a postura delas diante da vida e os acontecimentos que vêm a seguir? Como os fatos que se se seguem parecem ser um reflexo direto e muito claro, numa rápida resposta do Universo à maneira delas de pensar, sentir e agir em relação à matéria, ao dinheiro?

Pois elas estando bem respaldadas financeiramente, ainda vivem em um estado de escassez interior. Vibram numa dimensão muito baixa e que, de fato, não corresponde à realidade material delas. 

No entanto a Nova Energia vêm com tudo para nos despertar de nosso sono profundo e nos empoderar no caminho de uma vida mais plena e mais consciente.

Na Terra da 5D, é tudo muito cristalino e efetivo. A realidade que vivemos e experimentamos nessa Nova Terra, é a realidade do nosso mundo interno projetada para fora, como um espelho que o Universo se utiliza para nos ensinar as lições que ainda resistimos a aprender, e para nos ajudar a curar o que pode parecer estar resolvido externamente, mas ainda muito adoecido internamente. 

É realmente muito desagradável você se propor a um feriado de passeio e descanso e ter que se haver com uma situação dessas. Mas, de fato, é preciso entender que as novas energias que chegam agora no Planeta exigem de nós muita consciência em relação aos nossos sentimentos, pensamentos e atitudes, e principalmente, muita coerência. 

Na Nova Energia nós criamos o sistema em que vamos operar. Ele não é imposto de fora para dentro, ao contrário, ele opera baseado, firme e fortemente, em nossas crenças e medos. E isso não acontece para nos ferir ou atrapalhar, mas sim para refletir, bem à nossa frente, o que ainda precisa ser curado para que avancemos como seres humanos íntegros, congruentes e conscientes, os verdadeiros habitantes da Nova Terra.

Minhas amigas, apesar de reconhecerem sua parcela de responsabilidade, foram embora bastante tristes e irritadas com o limite imposto pelo ocorrido. No fundo, elas se sentiram vítimas de um sistema que, na visão delas, opera a despeito do que elas ’pensem’ ou ‘façam’.

Para mim, fica a lição, que rende uma aula, sobre a Nova Energia que tanto lemos nos artigos e ouvimos nas canalizações. Uma aula sobre a importância de olhar a fundo nossas dores e crenças arraigadas e curá-las, para que possamos nos empoderar como co-criadores nesse Universo infinito de possibilidades. 

Fica a dica: preste mais atenção às suas crenças, atitudes e posturas diante da vida. Preste atenção aos recados do Universo. Ele está em constante comunicação e comunhão com cada um de nós. Sempre à disposição para nossa cura, evolução da consciência e ascensão. Basta que possamos diminuir as vozes da mente e do ego cheios de medo e controladores, e nos permitirmos sermos guiados, no fluxo do rio da vida, pela voz do nosso coração!

Bora tentar?  😉

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
Formatação - DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
http://www.decoracaoacoracao.blog.br
https://lecocq.wordpress.com
Direitos autorais - Ana Claudia Ferreira de Oliveira - www.anaclaudia.psc.br - meuespacointerior@gmail.com
Grata Ana!
Extraído de: http://stelalecoqc.blogspot.com

O PORTAL 11/11 DE CURA

O PORTAL 11/11 DE CURA Por   Emmanuel Dagher Em 11 de novembro de 2018, passaremos por um importante e poderoso portal de cura, ...