OS PADRÕES E A NOVA ENERGIA


OS PADRÕES E A NOVA ENERGIA 
Maria Chambers
21/05/16

Não é nenhuma novidade que os padrões parecem controlar nossos pensamentos, emoções e ações. Até a nossa biologia. Os padrões que captamos de nosso ambiente, consciência de massa e linhagem biológica.

Eis algumas definições de padrões: “Configurações e tendências que formam uma característica consistente ou recorrente. Algo que se repete de um modo previsível. Os padrões emocionais são guardados em nível celular em órgãos específicos do corpo. O cérebro recebe informações, interpreta e as padroniza.”

A mente humana tende a repetir os padrões de pensamento e de comportamento a fim de se sentir segura. Padrões até de como vestimos nossas calças, como escovamos os dentes e como dirigimos, tornam-se nossa segunda natureza. Foi feito assim ontem, portanto é como o fazemos hoje, diz a nossa mente.

Os padrões foram necessários para se transitar em um ambiente onde muita coisa parecia imprevisível. Era a forma de que a mente se utilizava para manter a vida segura, ordenada e fluida. Muitos padrões nos servem, no entanto, quantos padrões se tornaram uma limitação à nossa alegria e liberdade?

E quantos de nós gastamos anos, energia e dinheiro tentando mudar esses padrões acerca de relacionamentos, vícios, depressão, raiva, falta de saúde, abundância de recursos ou falta de autoestima?

Às vezes, virava aleatoriamente a página de um diário que escrevera anos atrás e ficava um pouco constrangida ao constatar que ainda estava lidando com algumas das mesmas questões.

Toda autoanálise, todos os cartões angélicos, todas as conversas convincentes com os amigos… tudo totalmente apropriado… tudo parte do processo… enfrentar as emoções há muito escondidas era um grande benefício… mas, posso dizer com segurança, que as mudanças dramáticas não ocorriam, de fato. E isso porque eu estava tentando mudar a minha personalidade humana ao utilizar a mente da personalidade humana.

Simplificando, eu tentava quebrar os velhos padrões, utilizando o mesmo órgão que era viciado em padrões!

Portanto, todas as terapias que utilizam a mente humana para mudar as emoções, os comportamentos e as tendências não oferecem realmente soluções de longo alcance. Coisas como pensamento positivo, visualização, hipnose, PNL, psicanálise, acupuntura, óleos essenciais, tomar suplementos para o cérebro, até essências florais… todos ficam aquém, porque estão limitando o processo de cura ao domínio da psique humana.

A menos que haja uma conscientização do eu multidimensional e, então, se permita que ele trabalhe com o aspecto humano, realmente não vai dar certo.

INTRODUZAM O DIVINO

Agora que estamos despertando para o nosso eu expansivo… quer chamem de Eu Divino, quer alma… e convidando-o, por meio da ascensão, para que esse eu esteja conosco, estamos testemunhando a desestruturação dos velhos padrões em nosso interior e mesmo no mundo que nos cerca.

Trata-se apenas de um processo natural do nosso despertar. É por isso que tão poucos quiseram estar na vanguarda desta mudança. Fomos os que tiveram a coragem e a capacidade de se submeter a essas tremendas mudanças emocionais e físicas.

Mudanças em nossos corpos e mentes, que o humano médio não poderia lidar em um dia muito bom. Isso é porque estamos liberando o equivalente a éons de padrões e respostas condicionadas humanas que terminaram no DNA de nosso corpo.

Não é de se admirar que tudo pareça estar neste caos.
Mas, que tal, se não for o caos, mas apenas padrões sendo desestruturados?

Quando falamos em nova energia, não é apenas uma expressão agradável para a nova consciência. É novinha. Não é estruturada como a velha energia. Não depende de padrões da mesma forma que antes. Parece imprevisível e é algo de que vamos precisar nos acostumar.

Durante éons, a previsibilidade tem sido uma grande parte de nossas vidas. Enquanto estávamos no modo de sobrevivência, precisávamos que as coisas fossem relativamente previsíveis. O problema é que, em seguida, tudo fica enfadonho, insípido e emperrado.

Isso é porque continuamos reciclando esses corpos. Morrendo e voltando. Para não ficar aprisionado em uma personalidade, uma existência, uma história. Mesmo assim, tinha suas limitações porque terminávamos voltando para a mesma família, carregando os mesmos velhos padrões herdados para a próxima encarnação.

A situação chegou a um ponto em que não havia lugar algum para ir com a mesma energia.

Avançamos muito rápido e aqui estamos nós, os primeiros a entrar em uma energia novinha. A introdução ao processo do corpo de luz é o portal para nos tornarmos os nossos eus multidimensionais, enquanto permanecemos aqui no Planeta.

Abriu-se a porta, com o nosso novo parceiro, nosso EU SOU, para uma nova perspectiva de vida.

Isso exige, como descobrimos… coragem, paciência e compaixão por nós mesmos, confiar no desconhecido e um bom senso de humor. Não é todo dia que alguém recalibra o seu eu humano, inclusive o seu corpo físico… para criar o próprio Céu pessoal na Terra.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO - https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Copyright © 2015, Maria Chambers. Todos os direitos reservados. Por favor, sintam-se livres para compartilhar este conteúdo com os outros, publiquem em seus blogs, página do Facebook, etc., mas mantenham a integridade deste artigo por incluir o autor e o link do site:
Maria Chambers – https://soulsoothinsounds.wordpress.com
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com
Grata Ivete!
Extraído de: http://stelalecocq.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®