PERFEIÇÃO OU PROGRESSO? - FLEXIBILIDADE E COMPROMISSO


PERFEIÇÃO OU PROGRESSO? 
FLEXIBILIDADE E COMPROMISSO
Mensagem de Jennifer Hoffman
24 de Março de 2015


Você já notou que a cada semana nós temos uma poderosa energia ou uma nova mudança?
E a cada semana você pode ficar pensando: “Oh, não. Será que isto nunca irá terminar?”

Bem, eu tenho uma boa notícia. Esta semana está bem tranquila. (E isto é relativo a sua situação)

O que eu quero dizer é que não há quaisquer impactos no caminho. Dito isto, os eventos das últimas semanas viraram a sua vida de cabeça para baixo e agora você está tendo que lidar com as consequências (É por isto que eu digo que a definição de uma semana “tranquila” é relativa).

Uma semana se passou até nos reunirmos na semana seguinte, o que dá destaque a outro eclipse. Use este momento para reconsiderar as suas opções, libere as coisas que você está pronto para liberar, e não se preocupe com o resto. E se nas últimas semanas você foi atingido, respire profundamente e tente a opção da confiança – você sabe que tudo sairá da maneira mais perfeita, ainda que não possa visualizar isto no momento.


E embora você esteja considerando como deseja mudar as coisas em sua vida, pense que você não tem que se livrar de tudo. Às vezes, temos a necessidade de re-utilizarmos as partes do passado para trazermos o futuro ao foco. A escolha pode ser se queremos a perfeição ou progredirmos.

Estou feliz ao anunciar que o meu grande projeto de substituição das maçanetas e dobradiças está agora concluído. Embora a minha intenção fosse substituir todas as maçanetas e dobradiças, houve alguns problemas inesperados que resultaram em algumas coisas que não mudaram. Isto se tornou uma questão de decidir quanto tempo eu queria lutar com eles ou apenas deixá-los onde estavam.

Eu queria a perfeição ou eu estava disposta a me comprometer para que eu pudesse progredir e concluir este projeto? Às vezes temos que escolher o caminho de menor resistência e aprendermos que a substituição pode envolver uma reciclagem dos elementos úteis do passado e integrá-los ao presente.

A maior parte da substituição das ferragens foi rápida e fácil. E, então, houve aqueles poucos momentos onde a nova dobradiça não se encaixava bem, ou que a antiga maçaneta foi mal colocada, e, então, quando eu colocava a nova e os furos não estavam no lugar certo.

Havia algumas cabeças de parafusos que foram partidas durante a instalação inicial e assim eles não saíram. Os novos parafusos das dobradiças são um pouco maiores do que os antigos e, em alguns casos, eu tive que reciclar os antigos, porque os novos não iriam se encaixar.

Com todos estes problemas, eu tive que reconsiderar o meu plano original de substituir tudo e alterá-lo para permitir estas coisas que, simplesmente, não poderiam ser substituídas. Será que eu queria a perfeição absoluta, ou estava disposta a me comprometer, de modo que pudesse fazer progresso e concluir o projeto?

Asim, uma antiga dobradiça continua, e alguns velhos parafusos. Eles não são perceptíveis e era uma questão de decidir como eu queria gastar o meu tempo e energia e quando este projeto seria concluído. Eu poderia lutar com coisas que, obviamente, não estavam prontas para serem substituídas, ou contorná-las.

Quando decidimos fazer mudanças, nossas intenções podem ser boas, mas temos que adaptá-las à situação. A flexibilidade é necessária, porque nem sempre realizamos exatamente o que queremos, da forma com que o encaramos.

Então, temos que decidir se continuamos a empurrar, se reagrupamos, ou se fazemos alguma reciclagem criativa. Às vezes, substituir completamente as coisas do passado não é possível e temos que nos comprometermos de uma maneira que satisfaça as nossas necessidades.

Estamos enfrentando muitas mudanças agora, algumas delas envolvem as nossas vidas, algumas envolvem outras pessoas, ou coisas. Quando uma revisão total não for possível, talvez seja porque precisamos manter as partes úteis do passado e deixá-las que se tornem parte do presente.

É algo que faço com os meus clientes, quando eles estão trabalhando na liberação dos velhos padrões, hábitos e crenças. Eu lhes peço para explorar os aspectos benéficos de uma situação ou de um relacionamento, o que se torna parte das lições que eles aprenderam e podem usar como trampolins para a nova vida que eles querem criar.

Enquanto você está fazendo mudanças em sua vida, se está preso ou tentando mudar algo que não esteja completamente pronto para uma revisão, há uma parte do passado que você precise reciclar?

Será que pode encontrar um novo uso para uma velha parte de sua vida que possa ser reaproveitada em algo mais satisfatório?

Você não pode desfazer o passado, mas pode reciclar e renovar o que pensa sobre isto.
E a reciclagem é como criamos um novo propósito para algo antigo.

Quando as coisas não funcionam exatamente como você queria, não é um fracasso. As expectativas de perfeição colocam muita pressão em você e limitam as suas opções e resultados. Em vez disto, permita que liberações fáceis fluam e concentre o seu tempo e energia em coisas que lhe tragam alegria.

Quando algo não estiver pronto para ir embora, seu propósito em sua vida não está completo. Assim, decida como você irá integrá-lo ao seu novo caminho e propósito e siga em frente, em vez de tentar fazer com que isto parta e se sinta preso quando isto não acontecer.

Compromisso não significa se comprometer ou os seus sonhos.
Significa integrar tudo em um fluxo que funcione para você.

Contanto que o resultado final sirva as suas necessidades, isto é o que conta.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2015/03/perfeicao-ou-progresso-flexibilidade-e.html
http://enlighteninglife.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!

Extraído de: http://stelalecocq.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®