REVISÃO DOS RELACIONAMENTOS FIQUE E PARTICIPE OU AFASTE-SE



REVISÃO DOS RELACIONAMENTOS 
FIQUE E PARTICIPE OU AFASTE-SE
MENSAGEM DE JENNIFER HOFFMAN
19 de Janeiro de 2015


Como você está se saindo neste mês?

Faltam quinze dias ainda para o final do mês e este já tem sido agitado, com energia instável. Em uma semana estamos entusiasmados e na seguinte, desanimados, com uma pequena pausa no meio da ação.

Esta semana será de muita energia, tanta que poderia parecer uma semana desanimadora. Temos Mercúrio retrógrado no dia 21, além de uma poderosa lua nova a zero grau de Aquário, a 4ª lua nova a 0 grau, alguma atividade de Marte/Netuno, Saturno está em quadratura na lua nova e Urano e Plutão estão ainda na área ativa para a sua quadratura, e se conectando com os nodos.

O que isto significa e como isto é relevante para você?

Todos os aspectos da nossa existência, desde as nossas vidas individuais ao nosso universo, estão conectados e o que se passa em uma parte desse macrocosmo, tem um efeito igual em todas as outras partes. É por isso que temos um impacto no mundo e a humanidade em geral, fazendo o nosso próprio trabalho de cura, uma vez que tudo flui junto, em uma grande ligação.

Quando os planetas se conectam, eles movimentam energia e nós sentimos isso.

Você já percebeu mudanças em seus relacionamentos ultimamente?

Você já teve vontade de limpar a sua casa ou o seu espaço de vida, para se livrar das coisas, para ser mais feliz ou estar mais satisfeito em sua vida?

Você está, de repente, sentindo-se sufocado em sua vida e pronto para uma mudança?

Tudo é objeto de avaliação, liberação e transformação agora e, quanto mais bagagem física, emocional e mental nós liberarmos, mais espaço nós criaremos para a nova energia. A mensagem desta semana é sobre o porquê de tantos relacionamentos estarem terminando, o que isso significa para nós, e por que isso pode ser uma coisa muito boa.

REVISÃO DOS RELACIONAMENTOS 
FIQUE E PARTICIPE OU AFASTE-SE

Escuto milhares de pessoas a cada semana e muitas estão se perguntando por que tantos relacionamentos estão terminando agora, o que inclui aqueles entre amigos, parceiros, cônjuges e famílias.

Alguém escreveu "As famílias estão se desintegrando agora”.

Outro escreveu "Todos os meus amigos estão passando por um divórcio" e perguntou: "Será que estamos caminhando para uma época em que não teremos mais relacionamentos?" 

Não, sob qualquer condição. Na verdade, estamos preparando o caminho para que possamos ter relacionamentos com base na alma, em vez de relacionamentos baseados no Carma. 

E, embora nem todos os relacionamentos estejam terminando, muitos estão chegando para revisão e eles ou irão avançar de uma forma muito forte, ou eles irão terminar, com o fechamento e sem mais carma.

Houve um tempo em que honrar os laços familiares era inquestionável e o casamento durava até à morte, não importando o que acontecia a portas fechadas. Os tempos mudaram e isso é bom porque algumas famílias e casamentos são verdadeiramente horríveis.

Mas estes laços são profundos, muito mais profundos do que imaginamos, porque eles são baseados no Carma e em contratos de alma, em propósitos de cura, promessas e obrigações que temos honrado por muitas vidas.

Com o fim do carma, que é um dos propósitos e potenciais desta vida, qualquer relação que seja baseada no carma é agora objeto de uma revisão e pode ser liberada ou começar com uma nova conexão energética.

Por mais que todos nós quiséssemos ter a família ou o casamento perfeito, poucas pessoas o têm, mas isso depende de como você define 'perfeito'. Eu acho que todos nós queremos relacionamentos com pessoas que sejam amorosas, e que nos tratem com bondade e respeito.

Apesar do que acreditamos, o verdadeiro propósito da família é unir um grupo de alma, de uma forma que incentive e facilite a cura, através da criação de uma conexão tão forte que a cura deva ocorrer. Com a família, temos muitas expectativas de comportamento e, embora todos possam escolher ser gentis, honestos e amorosos, algumas pessoas não escolhem fazer isso.

Então, porque temos fortes expectativas do que deveria ser e fazer a "família”, quando eles não fazem essas coisas, acreditamos que há algo errado conosco ou que é o nosso trabalho corrigi-los ou curá-los.

A mesma coisa vale para os casamentos ou os relacionamentos de longo prazo, de qualquer tipo, incluindo as relações com os nossos filhos (eles têm carma conosco, também). Muitas das nossas expectativas são baseadas no que acreditamos, com base no tipo de conexão, ao invés de compreendermos a natureza da cura de ciclos cármicos.

Por exemplo, porque eles são a minha família, é suposto que eles devam ser bons para mim e me amar. Ou, porque é minha esposa, eu espero que ela seja amorosa, atenciosa e fiel. Ou os amigos deveriam ser atenciosos e solidários. Ou eu deveria ter um relacionamento amoroso, solidário, respeitoso e conectado com os meus filhos (este é um dos mais difíceis e os rompimentos estão ocorrendo entre pais e filhos também).

Mas o que nos uniu foi um caminho cármico compartilhado e um propósito de cura, não uma promessa de 'felizes para sempre' com eles. Isso não significa que todos os laços familiares e casamentos precisem terminar agora. Em vez disso, temos uma oportunidade de nos afastarmos do carma e estabelecermos novos padrões de conexão para nós mesmos.

Se quisermos ter relacionamentos alegres, amorosos, respeitosos, gentis e gratificantes, precisamos estar conectados com as pessoas que possam incorporar essas energias e não esperarmos isto porque temos expectativas destes comportamentos de certas pessoas com base em um rótulo que está ligado a uma ligação.

É preciso somente a disposição de uma pessoa para se afastar do carma, para terminá-lo e criar um novo caminho para este relacionamento. Se outras pessoas envolvidas concordarem, então, um novo paradigma é criado e poderemos ter o “felizes para sempre” com eles.

Se assim não for, então temos a conclusão e a liberação, e podemos estabelecer como objetivo, atrairmos pessoas que possam se conectar conosco, no nível que quisermos.

Onde quer que você identifique uma lacuna em sua vida, há uma oportunidade para a revisão, de definir um novo padrão de energia para esta conexão, para que ela possa ser liberada ou renovada em um novo nível.

Estamos nos aproximando da última quadratura Urano/Plutão, em Março de 2015 e, o mais importante, o encerramento de um ciclo muito longo para toda a humanidade, marcado pela lua nova e a cheia de Março. Este é o Alfa e o Ômega, o início e o fim.

Somos a capacitação da nova era, do Céu na Terra, dos paradigmas da Nova Terra.

É no que nos concentrarmos agora, e a revisão e o encerramento que fizermos, que nos conduzirá para novos paradigmas de ser e para relacionamentos com energia de frequência mais elevada, com base nas famílias de alma, em vez de famílias humanas com base no carma, e com parceiros que possam se unir a nós, em nossa totalidade, em vez de em nossa cura, e que possamos nos amar, honrar e respeitar, porque eles compartilham o nosso desejo por aquelas energias e estão ligados a nós desta forma.

http://stelalecocq.blogspot.com/2015/01/revisao-dos-relacionamentos-fique-e.html
http://enlighteninglife.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!

Extraído de: htpp;//stelalecocq.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®