Pular para o conteúdo principal

O MANUSCRITO DE SOBREVIVÊNCIA - PARTE 416



O MANUSCRITO DE SOBREVIVÊNCIA 
PARTE 416
Os Companheiros Constantes 
Canal: Aisha North
16.05.2014


Como já abordado muitas vezes antes, a humanidade tem uma longa história de olhar para fora em busca de respostas. Como vê, na medida em que foi cortada dos antigos elos que os ligavam a si mesmos, ficaram como que flutuando, sentindo-se num vazio interior. Neste vácuo, a humanidade tem tentado, em vão, se inserir em todos os tipos de ambições e jogos intelectuais, a fim de tentar preencher esse vazio interior escancarado, todavia sem sucesso.

Foi levado a esta lacuna entre sua realidade e o que sentia, de uma maneira transitória, substituta e insubstancial de algo que era tão fundamental, onde nada pode tomar seu lugar. E assim, a humanidade esteve destinada a procurar em vão por qualquer coisa que pudesse fazê-la novamente sentir-se inteira.

E nesta lacuna, mesmo que não pudesse nominá-la nem definir quaisquer palavras para tentar descrevê-la, sentiram que uma parte fundamental estava faltando. E assim, uma busca para se tornar novamente completo foi realizada varias vezes embora, toda vez, essa busca os tenha enviados à procura na direção errada.

Nesta missão, geralmente assumiram a forma de uma busca por algo fora de si mesmos, tangível e parecendo tão tentadoramente perto e ao mesmo tempo tão longe. E na busca desta peça indescritível, a resposta final colocaria todos juntos, embora muito movimento em falso da humanidade fosse realizado. Então, ao invés de ficar mais perto da verdade que buscavam, começaram a se afastar para cada vez mais para longe da verdade, seja num sentido literal, como também num sentido espiritual.

A humanidade tem uma longa história de aparentemente se deparar com uma resposta encontrada, como denominam em alguns casos, de corpo e rosto e, então, construiu um vasto sistema de crenças em torno dele. Daí, o surgimento de sistemas de crenças compartimentadas ou religiões, todos reivindicando representar a verdade e gastando muito de seu tempo e energia em perseguir aqueles que aderissem a outra "verdade" diferente da deles. E assim, o que antes era um grupo unificado tornou-se cada vez mais fragmentado e quando se aproximou da idade moderna, tornou-se mais acentuado.

Com o advento de sua idade moderna, a humanidade começou a procurar respostas para este vazio interior escancarado em outros locais diferentes daqueles onde as mensagens espirituais eram compartilhadas e, assim, parecia em vão encontrar uma solução mais palpável a esse vazio dentro de si. E assim, o que descobriram foi uma maneira de preencher esse vazio temporariamente ao acumular objetos de diversos tipos, objetos que trouxeram satisfação por um breve tempo, mas que depois se transformariam em prisão.

Pela primeira vez, começaram a tentar preencher esse vazio interior com este tipo de materialismo imaterial, com o vazio parecendo crescer cada vez mais e, para contrariar isso, a necessidade de acumular aumentou ainda mais, crescendo quase num frenesi. E na medida em que os montes de objetos materiais crescia, falando de uma forma literal e figurativa, as propriedades deste belo planeta também aumentaram exponencialmente.

Este dogma materialista não seria mais bem sucedido que o espiritual para preencher este vazio interior e, assim, quanto mais aumentava, menos espaço havia para o Amor. Amor que, quando verdadeiramente presente, preenche qualquer canto e recanto que possa imaginar, não existindo necessidade de qualquer outra coisa. Não que isso implique numa vida desprovida de quaisquer efeitos pessoais em seu todo, mas sim, de que esta fome de possuir "algo mais" desaparecesse, como se nunca estivesse existido.

Pensamos ser seguro dizer que muitos de vocês poderão atestar isso quando abrirem as portas interiores para a entrada da Luz. Também sentirão a sensação de finalmente tornarem-se completos e com a aspiração de que o antigo vazio já não seja um fator em sua vida, pois não haverá mais vazio. E então, também verá a verdade nas palavras que falamos em tantas ocasiões.

Já tem tudo que precisa, está na posse da multidão de fragmentos que constitui a plenitude do seu Ser e, quando perceber isso, também verá que não existe nada externo, seja pessoa, ideia ou mesmo objeto que precise ser adicionado, a fim de torná-lo VOCÊ. O que tem procurado tornar-se, já é e, não importa o quanto longe viaje, simplesmente não achará nada mais que possa ser descrito como essencial que possa encontrar para se tornar este novo VOCÊ.

Em outras palavras, já está inteiro e completo, sem lacunas para preencher, nem com peças faltantes. Tudo já está lá, dentro de si, embora tenhamos dito repetidas vezes que realmente tem passado por um tempo difícil em acessar essas coisas e, assim, ainda sentirá necessidade de sair numa missão longa e árdua para "redescobrir a si mesmo".

Mas tudo que tem de fazer é executar a tarefa mais simples de todas; apenas sentar-se, fechar os olhos e se atrever a abrir a porta que o convida a fazê-lo.

Uma porta sem fechaduras, sem senhas complicadas para responder, nem descrições detalhadas a serem seguidas em alguma sequencia perfeitamente cronometrada. Trata-se simplesmente da necessidade de ter o compromisso de dar esse pequeno último passo que, embora possa parecer mais do que a realização de uma vida, pode ser dado na divisão de um segundo.

No momento, não podemos dar-lhe um mapa detalhado, nem uma data e hora para que prossiga, de fato depende de cada um de vocês. Alguns chegaram perto de dar este simples, mas transformador passo, enquanto outras ainda se sentem inseguros ou até mesmo incapazes de dá-lo. Entretanto, isso não está acima nem além das capacidades de qualquer pessoa, pois simplesmente se trata de ser o que já é e, como tal, não pode dar errado, nem errar o alvo ou se perder no caminho.

Tudo que tem a fazer, é realmente querer estar consigo, então poderá ser você em cada partícula do seu ser. Lembre-se, isso não é algo que precise ser alcançado, simplesmente é o que precisa permitir. Já está lá, dentro de você, em cada partícula, em cada respiração e em cada batimento cardíaco. E saberá a resposta para as perguntas: "Quem sou eu? Onde posso encontrar a parte que me falta? Quem é meu alter ego e a que eu pertenço?"

A resposta é simplesmente esta: já é tudo que procura ser, já sabe de tudo o que deseja saber e já existe na plenitude de sua capacidade. Mas por enquanto, poucos se atreveram a realmente perceber esse fato e, por isso, precisará de toda a coragem e vontade de realmente ir para além das fronteiras, ainda criadas em torno do seu próprio núcleo.

Lembre-se, não estão realmente lá numa forma concreta, simplesmente trata-se de uma invenção de sua imaginação, instituída pela sua parte exterior, ainda incerta sobre a cintilante e brilhante luz que verá por trás dessas telas protetoras erguidas. Como temos dito antes, estão muito perto de seu próprio e brilhante núcleo de modo que, agora, o poder da luz emanada poderá fazer seus olhos lacrimejar e sua mente querer recuar um pouco.

É compreensível que após um longo tempo habitando um corpo humano, carregando a força de sua luz em plena vista, não só para si, mas também para os seus arredores, ainda recuse o pensamento de mergulhar e rasgar essa última cobertura protetora interna.

Está tentando proteger-se de sua própria luz e como já dissemos antes é simplesmente uma medida de cautela, desencadeada por aquele velho e arraigado mecanismo de luta ou fuga que tem sido seu companheiro constante por eras. Mas agora, é hora de se atrever a revelar o seu verdadeiro eu, o brilho total da sua Luz, para a etapa de, total e realmente atingir o seu máximo, o potencial mais brilhante e verdadeiramente magnífico. E quando o fizer, nada nem ninguém será como antes, quando finalmente parar de tentar extinguir a sua própria chama, toda a força de sua Luz, por sua vez, iluminará tudo em sua volta.

Isso pode soar demasiado assustador para a perspectiva de muitos de vocês e com razão, pois têm toda uma longa história de ser caçado pela simples razão de sua luz interior ter se tornado plenamente visível do lado de fora e assim a necessidade de se encobrir no anonimato ainda é muito mais uma reação instintiva de muitos de vocês. Isso é compreensível mas, desta vez, finalmente, é tempo de que todos façam sua luz brilhar.

E, neste caso, mais uma vez serão pioneiros e isso vai demandar um esforço para que muitos realmente arranquem a antiga máscara e ressurjam em todo o seu esplendor. Todavia, sabemos que quando fizer isso e as primeiras novas máscaras surgirem, irão enviar ondas de energia de tal grandeza que ajudarão a rasgar em pedaços aqueles casacos pesados ​​de tecido de restrição a luz que ainda existam, perto ou longe.

Então, podemos afirmar que este pequeno passo seja talvez o mais difícil de todos. Não para ser concluído, mas para ser contemplado, embora saibamos que irá mergulhar, por que é para isso que veio. Mas também sabemos que irá demorar algum tempo e após alguma insistência, antes que esse processo esteja plenamente posto em movimento. Mas não tema, não estamos falando de algum momento no futuro distante, estamos falando de seu presente.

Porque, na medida em que se expor cada vez mais a essas partículas energéticas sendo injetadas em sua atmosfera e em seu próprio ser, serão assistidos para fecharem essa lacuna existente entre o potencial e a manifestação e, assim, centímetro por centímetro, a cada respiração, todos chegarão lá. E tudo o que precisa, é de alguém para ser o primeiro a preencher esta lacuna entre o pensar e ser e, então, os véus irão cair e as fronteiras da separação autoimposta não mais existirão.

Então, sente-se, feche os olhos e sinta seu caminho de volta. 
A luz é poderosa, todavia a luz é simplesmente VOCÊ. 

Assim não se sentirá rejeitado, nem encontrará nada que possa ser prejudicial para si, se atrever-se a abordá-la novamente, depois de uma longa separação. Lembre-se que esta luz não é nada novo e desconhecido. É a fonte de onde uma vez veio, o núcleo que sentiu falta, vida após vida, mas que agora, não está mais fora dos limites de nenhum um de vocês.

Os inibidores externos que foram colocados, a fim de torná-los incapazes de encontrar esse núcleo e que os levaram a uma busca labiríntica de um substituto e que afastou a todos cada vez mais para longe do centro do seu ser, não estão mais lá, de forma que é muito bem vindo em seu retorno - sempre que sentir que está pronto para ser recebido em casa.

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar.
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/05/o-manuscrito-de-sobrevivencia-parte-416.html
Aisha North – Channelingsand Words of Inspiration
Fonte e Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge 

Extraído de: http://stelalecoqc.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

Queridos irmãos e irmãs, Com as bênçãos da Mãe Divina. Amor e Luz, Jane Ribeiro                 Mensagem de Mãe Maria Amados Filhos, Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações. Vossa Mãe Terra passa pelo expurgo final de todo lixo que foi nela acumulado resultante dos pensamentos, sentimentos e ações de toda a humanidade. Seu corpo se sutiliza e se eleva as novas frequências de luz. É preciso, pois que possais acompanhar os passos da Mãe Terra, sutilizando vossos corpos pela purificação de toda densidade que acumulastes ao longo do tempo. Não adianta mais tentar postergar as mudanças que vossas almas estão a exigir de todos vós. É hora de concluirdes a limpeza, física, emocional e mental em vossas vidas, para que possais acompanhar e sedimentar as novas frequências que entram em vosso planeta. A nova grade cristalina se consolida em torno de vossa Mãe Terra e de todos vós, e este é o momentum da entrega, sim a entrega de vossos corpos a serviço de vossas almas que comp…

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR Por Melanie Beckler
A primeira vez que alguém me disse que eu era uma curadora...
Eu pensei: “O que você quer dizer?”
“Você quer dizer que eu poderia ser uma curadora?”, perguntei.
Ao que ele respondeu: “Não, você já é uma curadora.”
Eu não sabia o que pensar.
Agora, eu compreendi que ser uma curadora é algo que assume muitas formas e cores...
E não há realmente uma compreensão clara do contexto completo do que significa ser uma curadora.
Assim, muitos curadores espirituais não têm idéia de que suas ações, trabalho e propósito, de fato, fazem deles curadores.
Claro, entendemos que os médicos, enfermeiros e curadores de energia são “curadores”.
Mas, como você aprenderá em minha nova mensagem, o que é preciso para qualificar como um curador, é muito mais amplo.
Assim, você é um curador? Realmente, há curadores ao seu redor. 
Defino vagamente aqui um curador como alguém que se ajuda, ajuda o outro, ou até mesmo o planeta a se alinhar mais com a verdade Divina,…

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®

JJ Hurtak
O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch® “Existe um trabalho dentro de todos os nossos corpos, um padrão com níveis de vibração única, e os nossos organismos controlam todas as suas funções, que são renovadas por algo chamado Linhas Axiatonal dos Meridianos e estas linhas Axiatonal não são limitadas, ou seja, não terminam em nossos corpos físicos mas estão abertas; estas ‘linhas’ realmente se estendem transpassando nosso corpo, e elas podem nos conectar mais plenamente ao universo. Quando o Homem descobrir a conexão entre o espaço de sua própria vida e as grades Axiatonal, a humanidade vai entrar num todo em um novo nível de ‘super’ ciência conhecida como a astronomia médica.
Astronomia médica refere-se a cura em todos os níveis, mente, corpo, espírito e fala sobre a mudança na formação adequada de nossos membros, sobre um passo à frente em um novo nível de interação consciente com o Universo . As linhas axiatonal sendo as linhas de grade do Universo, são…