FAZENDO A TRANSFERÊNCIA DA MENTE PARA O CORAÇÃO - ENERGIA GRATUITA À DISPOSIÇÃO!


FAZENDO A TRANSFERÊNCIA 
DA MENTE PARA O CORAÇÃO
ENERGIA GRATUITA À DISPOSIÇÃO!
Sarah Varcas
13/04/2014


A intensidade das energias ao nosso redor neste momento é realmente algo a mais!

Por todo lado vejo pessoas lutando para cumprir suas obrigações do dia, pagar contas, administrar seus relacionamentos, lidar com questões de saúde, manter as coisas em ordem e ainda colocar aquela expressão feliz no rosto para sair à rua parecendo que não está à beira da insanidade…

Bem, esta última pode ser apenas eu mesma… mas, em qualquer evento, há sempre muitos desafios e as coisas estão incrivelmente difíceis para muita gente neste momento. 

Ontem à noite, enquanto eu estava deitada sem conseguir dormir, refletindo sobre questões da minha própria vida no contexto dos poderosos alinhamentos astrológicos pelos quais estamos passando atualmente, ficou muito claro para mim que um dos melhores presentes que podemos dar a nós mesmos neste momento é a dádiva de uma mudança de energia – e não estou querendo dizer que todos nós temos que ficar iluminados imediatamente ou não haverá mais esperança – mas precisamos cuidar do que estamos fazendo com as forças que nos rodeiam e escolher sabiamente, no que diz respeito a vivê-las.

Em períodos de grande intensidade, é fácil nos alimentarmos dessa intensidade, mesmo quando se trata de algo ostensivamente “ruim” acontecendo. Sei quando estou fazendo isso, porque me torno melancólica e arredia, taciturna e introspectiva. Eu costumava passar meses e até anos fazendo isso.

E é engraçado que, embora isso nunca tenha me levado realmente a lugar nenhum, eu demorei um tempo ridiculamente longo para trabalhar essa questão! Ontem fiz isso de novo! Foi um inferno! Eu deveria saber, mas… bem… às vezes temos que revisitar nosso eu antigo para lembrar o quanto nós mudamos! Hoje resolvi fazer diferente e por isto estou postando esta mensagem.

De qualquer modo, o que me impressionou esta noite foi o seguinte: estamos todos “ligados” na mesma fonte de energia, embora nossos circuitos sejam conectados de forma diferente. Em termos astrológicos, isto quer dizer que estamos todos recebendo a mesma energia planetária, embora ela se entrelace com nosso mapa natal de modos específicos.

É um pouco como o velho adágio que diz que a única coisa que todos nós temos na mesma quantidade é o número de horas de um dia. Todos nós temos acesso e recebemos exatamente a mesma energia no mesmo período de tempo, e ela é gratuita – uma fonte de energia gratuita! – então, o que vamos fazer com ela?

Não podemos evitá-la e não podemos destruí-la (Einstein nos ensinou isto…), então temos que lidar com ela e transformá-la numa energia que funcione a nosso favor e não contra nós. Ontem eu estava em total ressonância com o peso e desafio da vibração predominante. Hoje estou trabalhando para inverter essa situação, de modo que a mesma energia se transforme em algo inteiramente diferente na minha vida.

Geralmente faço isso através do movimento – correndo, caminhando ou dançando – mas com minhas atuais limitações físicas, esta opção é a menos disponível para mim. Então, em vez disso, estou fazendo uma transferência da mente para o coração: estou focalizando minha energia na minha cabeça, a localização física da minha mente, e trazendo minha consciência para o meu coração, onde acredito que o espírito habita.

Comecei enquanto estava na cama esta manhã, e continuo fazendo-o sempre que me lembro hoje. Ajuda-me a perceber o que está realmente acontecendo: o rumor na minha cabeça vindo do excesso de pensamentos que não têm aonde ir e nada de útil para dizer; um desânimo ansioso e preocupação a respeito de um futuro assustador; pensamentos do tipo “coitadinha de mim”, “não mereço isto”, “nunca vou conseguir sobreviver a isto, e blá, blá, blá…”

A energia na minha cabeça é enlouquecedora, para ser sincera, e se for deixada lá, pode produzir loucura absoluta. Mas quando mudo minha consciência para o coração, a primeira coisa que noto é espaço, quietude, nenhuma palavra ou narrativa, apenas paz.

Continuo canalizando a mesma energia do cosmos que todos nós estamos, mas, de alguma forma, quando lhe é permitido fluir através do meu coração, ela produz algo inteiramente diferente do que quando a deixo entrar pela minha mente.

Isto me faz compreender que um dos motivos de estarmos lutando tanto com esta energia é que estamos ligando a parte errada de nós mesmos à rede! O que temos que fazer, na verdade, é desviar da cabeça e ir direto para o coração, e não desviar do coração – que é tão fácil fazer na nossa era moderna – e ir direto para a cabeça para ver o que a mente faz com essa energia!

Então hoje estou comprometendo-me a transferir a energia, de modo que funcione melhor para mim, apesar da vida me parecer tão desafiadora neste momento!

Quanto mais pessoas conseguirem fazer isto quando puderem, melhor será para todo mundo. As energias à nossa volta agora precisam ter acesso ao nosso coração, não à nossa mente. É nos recessos mais profundos do nosso espírito que elas precisam fazer seu trabalho. E quanto mais lhes permitirmos acesso direto, mais fácil e suave será o trabalho delas.

Estes são apenas meus pensamentos para hoje… eles estavam indo para o meu diário, mas pensei que, em vez disso, eu deveria compartilhá-los aqui, para o caso de tocarem algum coração…

Sarah Varcas

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar.
http://stelalecocq.blogspot.com.br/2014/04/fazendo-transferencia-da-mente-para-o.html
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br
FONTE: http://astro-awakenings.co.uk/making-a-mindheart-shift
© Sarah Varcas. Todos os direitos reservados. É dada permissão para compartilhar livremente este artigo em sua totalidade, desde que seja dado todo crédito ao autor. E que seja citado o site onde este texto é oferecido gratuitamente: www.astro-awakenings.co.uk
Grata Vera!


Extraído de: http://stelalecoqc.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®