O MANUSCRITO DE SOBREVIVÊNCIA - PARTE 396


O MANUSCRITO DE SOBREVIVÊNCIA 
PARTE 396
Os Companheiros Constantes
Canal: Aisha North
12.02.2014


Como previsto, este período será um dos acontecimentos mais intensos em todos os níveis. Alguns dos que já começaram a vir à tona, todavia, como as frequências destas energias recebidas continuam a aumentar, o mesmo acontecerá com todos os efeitos decorrentes a partir delas.

Como vê, os botões já estão sendo pressionados e, quando dizemos botões, naturalmente nos referimos para aquilo que está carregando consigo. E desta vez, estamos nos referindo aos botões que ativam tanto de suas qualidades inatas, como aquelas que estiveram adormecidas por um longo tempo e que começarão a ser despertadas uma por uma, bem como essas energias incidentes que começam a incentivá-los a existir.

Cotoveladas talvez não seja a melhor palavra a ser usada aqui, quando o impulso dessas energias for um pouco mais intenso.

De qualquer forma, eles servirão para ativar muito de você e, quando as coisa começarem a rolar, irá se encontrar rolando junto com elas, cada vez com mais velocidade. E, como tal, manter seu equilíbrio talvez se torne um desafio para todos, mesmo para quem tenha se tornado hábil nas rodadas anteriores.

Pois, mesmo que você tenha se acostumado a rolar com estes golpes, desta vez, provavelmente será pego de surpresa mais de uma vez e durante este tempo, essas sequências não seguirão os mesmos padrões previsíveis de crises anteriores.

Como verá, esses golpes vêm e vão, vindos de todas as direções que possa imaginar. Estamos conscientes de que a palavra soco tenha algumas conotações bastante negativas, todavia podemos usá-la para descrever a intenção por trás dela que não é tentar de derrubá-lo com golpes, mas sim garantir que se torne totalmente funcional em todos os níveis.

E para que faça isso, as forças energéticas não reterão nada de volta, porque é realmente imperativo que seja totalmente acionado por essas sequencias chegando agora. E assim, sentirá as forças por trás de todas estas explosões, embora também sinta a resposta positiva que irão gerar em seu próprio sistema, uma vez que literalmente entrará em ação com pleno vigor.

Será de fato uma linda e graciosa sequencia de coreografias que estará sendo realizada agora, onde a resposta e a reação indo e vindo entre você e essas energias que chegam pode ser comparada a uma dupla numa pista de dança.

Como um casal bem afinado, ajudando-se um ao outro numa peça magistral de ballet, gracioso, mas cheio de força e segurança, em que cada parceiro cuidadosamente observa a resposta do outro, antes que o próximo passo seja dado.

Assim também é no presente, pois aqui você não é apenas um destinatário, também é muito mais que um parceiro ativo e, assim, a comunicação será em ambas as direções.

À medida que comece a suavizar e abrir-se, a entrada desses pulsos começará a interagir com todo o seu sistema interno e estas duas partes de você, começarão a ter uma conversa em profundidade em desenvolvimento, que será aquela que já está acontecendo por um bom tempo.

Lembrando que isso é algo que seja realizado repentinamente, trata-se algo cuidadosamente orquestrado, para de obter o melhor efeito para cada um de vocês e, na medida que seu corpo físico seja um dos parceiros nesta dança, suas necessidades e suas limitações devem ser levadas a sério.

E assim, mesmo que se sinta esticado, quase além de seus limites, saiba que não será levado além de qualquer ponto de colapso, embora de fato seja desafiado a ir um pouco mais longe do que talvez se julgasse capaz.

Por estar bem enraizado com todos os tipos de ideias sobre suas limitações irá pensar ser capaz de ser muito, muito menos do que aquilo que realmente é e será estimulado a se esticar e empurrar sempre muito delicadamente umas vezes e mais a sério em outras. Não para prolongar este período de desdobramento, mas para certificar-se de você não parar antes da hora.

Lembre-se que é você, e só você, que pode decidir o quão longe está disposto a assumir a si mesmo e, assim, você poderá parar a qualquer momento se assim o desejar. Todavia isso não significa que iremos parar de tentar levá-lo a se esticar um pouco mais.

Tem isso em você para ir muito além de qualquer horizonte que pode desejar pintar em cores vivas e assim, é nossa tarefa seduzi-lo a ir o mais longe possível a fim de alcançar seu potencial pleno e não apenas um pequena amostra do mesmo. E, como tal, achamos que muitos irão nos olhar como aquele professor muito chato ou talvez, por vezes, como aquele severo treinador que continua o empurrando quando tudo que você quer fazer, é simplesmente desistir e dizer que já foi o suficiente.

Lembre-se, este é o papel que nos foi dado, pois somos os designados como sua equipe de apoio, os que vão estar ao seu lado, incentivando e dando aquele impulso extra para que seja capaz de percorrer todo o caminho de acesso e tudo que ainda tem que encarar. Sabemos que isso, por vezes, nos torna menos popular aos vossos olhos, porque somos os únicos que iremos aparecer em todos os momentos e lembrá-lo de sua razão de ser.

Isso não é como estar pendente em um êxtase atordoado, como alguns de seus compatriotas neste planeta ainda parecem estar. Não, vocês são aqueles que escolheram despertar a si mesmos e quando fazem, sabem que é impossível apenas rolar na cama e voltar a dormir novamente.

E quando dizemos sono, nos referimos a algo como em esquecer quem realmente é, porque, quando decidir se abrir para a verdade de que é muito, muito mais do que um ser humano um pouco tonto e confuso, vivendo uma existência bastante, escassa numa batalha neste desgastado planeta, não poderá simplesmente fechar a porta e voltar novamente à sua existência.

Não, agora decidiu viver e de acordo com sua decisão, o sono deve ser banido de todas as células do seu ser. Com isso, queremos dizer que não poderá ficar meio acordado, terá que ficar totalmente desperto, de modo que comece a funcionar em sua plena capacidade em todos os sentidos.

E é isso que esta fase do processo significa, despertar todos esses últimos que estiveram pacificamente adormecidos até agora. E como sabe muito bem, isso também implicará algumas vezes, em sinais um tanto irritantes enviados para esses relutantes sonâmbulos.

Aquele que foi posto para dormir a muito tempo atrás nem sempre saltará prontamente da cama, decidido a ir. Não, ele terá um período de alguns alongamentos e bocejos e talvez alguns resmungos e queixas antes de estar pronto e totalmente desperto.

Assim, em muitos aspectos, isso pode ser comparado a algo como entrar em um dormitório de jovens e acender a luz, gritando que é hora de levantar e começar o dia a sério.

Sabe que a resposta tenderá a ser, para lembrar que essas partes suas que estão dormindo são vibrantes e cheias de energia, levando-o de uma atividade de zero a 100 % não efetuada durante a noite. Então, na verdade, haverá um período de muita confusão, de tropeções e de agitação, numa tentativa de limpar sua mente e clarear sua visão.

Esta é de fato uma grande operação, onde todos os tipos de peças interligadas que precisam rapidamente lembrar apenas de como interagir novamente umas com os outras. Assim, com exceção de alguns períodos de confusão, onde irá encontrar seus dias cheio de idas e paradas, reprises e rotundas, tudo realmente começará a logo a se juntar.

As vezes poderá ser inquietante e talvez se sinta como se estivesse começando a se perder, todavia tente lembrar que este é simplesmente um resultado deste processo de despertar. Processo que não pode ser facilmente realizado de uma maneira rápida, como montar uma refeição simples, com apenas alguns ingredientes.

Pode ser comparado a uma sessão complexa, envolvendo um conjunto de subconjuntos, todos necessitando serem ativados no momento e na sequência correta e, como tal, haverá momentos em que irá se sentir como se estivesse em “queda livre", quando tudo parece estar desconectado ao mesmo tempo. Não se preocupe, é apenas um sinal de tudo que está sendo novamente restabelecido e, dessa maneira, só terá de se acostumar com essa sensação de perplexidade por um tempo.

Este é também um processo muito individual e, assim, suas sequencias podem não ocorrer no mesmo tempo que as dos outros e, por isso, se quiser comparar o seu processo com o que os que outros estão passando, tente fazer da maneira correta, ou seja, não ache que tudo acontecerá ao mesmo tempo.

Em vez disso, olhe para isso como um período onde tudo precisará de uma forma de confirmação do fato de que tudo, as vezes, irá parecer estar caindo aos pedaços. E quando se sentir assim, é realmente aconselhável pedir assistência e garantia.

O que parece ser o caos a partir de uma visão interna, será muito diferente de uma perspectiva mais elevada e, assim, não se esqueça de pedir a garantia das fontes que lhe darão uma resposta verdadeira baseada na sabedoria, não uma falsa, baseada no medo.

Então, a solução é simples: recolha-se em seu interior sempre que precisar de garantia e lembre-se sempre de dar o seu apoio para aqueles que estão a seu lado e que precisam também dele. Em outras palavras, encontrar o seu equilíbrio próprio recolhendo-se e, quando se sentir conectado, também ser capaz de ajudar os outros a encontrar o seu equilíbrio.

Porque, se em alguns aspectos, ficar com medo, tornará ainda mais difícil para si, se tentar encontrar uma fonte externa para confirmar seus medos, em vez de ouvir a calma e tranquilizadora voz que todos têm dentro de si. Ela irá guiá-lo através de águas agitadas e ajudá-lo a ver que mesmo muito longe no mar, estará tão seguro como se estivesse ancorado no mais protegido de portos.

Para isso, precisa confiar o suficiente em si mesmo, para deixar essas águas levá-lo tão longe quanto possível, para melhor capacitá-lo de realmente explorar plenamente esses intermináveis ​​recursos que já carrega dentro de si. Assim, quanto mais insistir em abraçar o litoral, pior estas tempestades irão parecer.

Sua tarefa é, na verdade, fazer com que se liberte e deixe-se ir à deriva para o desconhecido. Está apenas numa imensidão azul onde irá encontrar a versão completa de você. O que verá, se insistir em ficar mais perto de casa, será simplesmente um eco fraco do que poderia aspirar a ser, se permitir-se a se tornar plenamente despertado por estas rajadas poderosas e amigáveis ​​dos ventos energéticos vindo em sua direção.


Por favor, respeite todos os créditos
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/02/o-manuscrito-de-sobrevivencia-parte-396.html
Aisha North – Channelingsand Words of Inspiration
Fonte e Tradução: Sementes das Estrelas / Cândido Pedro Jorge 

Extraído de: http://stelalecoqc.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®