METATRON - A DOÇURA DA VIDA


A DOÇURA DA VIDA
Arcanjo Metatron
Mensagem canalizada por Natalie Glasson
29 de Outubro de 2013


Como se descreve a doçura da vida? Como você pode acessar a brandura da vida e ter na vida uma doçura eterna com ela que é sua para se deleitar? Estas são questões que eu desejo falar hoje e lhe pedir que contemple. Existe tal existência, enquanto experiencia a suavidade em sua vida a cada momento de sua realidade e você merece a doçura da vida?

Como sabe, a sua vida na Terra é um processo de aprendizagem; você poderia dizer que nada mais é do que um processo de aprendizagem. Você poderia se permitir aceitar que as suas experiências, conexões, interações com a sua realidade, entes amados, animais e com você mesmo são simplesmente processos de aprendizagem?

Certamente, isto iria tirar o significado, o propósito e a autenticidade de sua realidade e existência na Terra? Como sempre, você deve decidir como escolhe responder a estas questões e perspectivas colocadas para você, aceitando que cada aspecto de sua realidade e até de sua existência na Terra, é um processo de aprendizagem para você.

Permita-se separar de sua realidade, buscando a verdade em cada experiência, sentimento ou pensamento. Em uma realidade de aprendizagem, onde múltiplas opções, ideias e cenários são dados, você tem o propósito de buscar a verdade; esta é a verdade em seu ser.

A verdade pode ser um processo imprevisível de aprendizagem e de ativação dentro do seu ser, porque não há nenhuma forma de validar a verdade do Criador; até como um Arcanjo falando com você agora, eu posso apenas compartilhar com você o que eu acredito ser a minha verdade e, no entanto, não tenho nenhuma validação sólida do Criador enquanto eu falo.

Entretanto, eu tenho um sentimento de amor profundo, absoluto e completo enquanto compartilho a minha verdade com você agora, que é toda a validação que eu preciso, para continuar a manter a fé na presença do Criador, que flui ao redor e através do meu ser.

A busca da verdade pode lhe requerer que se questione, questione suas crenças e a sua compreensão. A busca da verdade lhe pede que perceba e libere falsas crenças, enquanto eleva a vibração de sua energia, de modo que esteja aberto e desperto para novas inspirações e insights que o preencham com amor e admiração.

A busca da verdade lhe pede que se familiarize com as suas próprias energias e com os seus processos de pensamento, de modo que possa detectar de onde em seu ser, a sua verdade está se revelando. Se quando você acessar a sua verdade ou inspiração dentro de você, o ego for ativado e reações egocêntricas ocorrerem, então você sabe que ainda não estimulou a sua verdade interior.

Reações egocêntricas podem ser, o sentimento de desejar provar a manipulação, o seu poder sendo reforçado, enquanto tira o poder dos outros. Até a tristeza, a negatividade, a carência, o assédio moral, o julgamento e o medo, são aspectos do ego que podem impedir a verdade ou a inspiração divina de se revelarem dentro do seu ser.

Quanto mais você se torna familiarizado com a maneira com que age e reage em sua vida diária, mais você perceberá quando estiver expressando, pensando ou sentindo uma ilusão e quando a verdade estiver emergindo do interior do seu ser. Você pode perceber que procurar compreender a sua própria verdade interior, que poderia também ser descrita como a sua intuição ou a voz do Criador, é um processo poderoso de aprendizagem e de crescimento.

Permita-se reconhecer cada pensamento, emoção, ação, reação e experiência em sua vida como um processo de aprendizagem. Então, veja como você reage a esta mudança em sua consciência. Isto faz uma diferença na maneira com que se vê, na maneira com que aborda as situações e no modo com que prossegue em sua realidade? Isto lhe permite dar um passo atrás e simplesmente observar?

Isto lhe permitirá descansar e liberar uma tremenda quantidade de pressão que você coloca em si mesmo, em sua realidade, nos outros e em seu crescimento espiritual.

Acessar e explorar a sua verdade interior é um aspecto da suavidade da vida, porque uma vez que você se permite uma determinada quantidade de desprendimento de sua realidade na Terra, você se oferece a liberdade e a capacidade de experienciar a suavidade da vida.

A maior ferramenta para experienciar a doçura da vida é o reconhecimento. 
É acessar uma gratidão pelo fluxo da vida e pela realidade física na Terra. 

Quando você se liberta da pressão que você coloca em si mesmo diariamente, você começa a compreender que tudo é motivo de alegria, que há doçura na vida, na sua vida, que você pode provar, sentir, experienciar, interagir e ver.

Esta suavidade não é nem mesmo a presença do Criador, mas é a beleza que está dentro de você e ao seu redor, a capacidade de amar incondicionalmente, de rir, de ser livre, de sorrir, de sentir amor, de manter a fé, de se sentir apoiado, de se expressar e expressar plenamente o divino dentro de você e de viver livre do medo. Todas estas coisas, você pode se dar livremente e experienciar plenamente.

A doçura da vida da qual eu falo, é a presença da própria vida, a experiência de estar vivo e as experiências da energia vital do Criador. Você tem uma conexão divina e sagrada com o Criador e nesta vida você pode experienciar plenamente o Criador.

PRÁTICA DE ACESSO À DOÇURA DA VIDA

Se você reservar um momento, imagine-se cercado por tudo o que sente que o limita ou que seja um peso em cima de você. Pode ser o aspecto mais mundano da vida física, de sua vida emocional ou mental.

Imagine que estas limitações e fardos têm cordões que estão ligados a você. Saiba que você escolheu criar estes cordões de conexão, de modo que você mantivesse as limitações e fardos com você, em sua realidade.

Talvez você tenha até escolhido que uma vez que alguns fardos ou limitações tenham sido superados, você ligaria ou criaria outros para substituí-los. Exemplos disto poderia ser constantemente o fato de não ser capaz de pagar as contas, de ser abusado, de perder constantemente os objetos, de experienciar o medo, e assim por diante.

Então, lembre-se de que há suavidade em sua realidade, há beleza, liberdade, amor, verdade, felicidade e paz para que você experiencie plenamente, mas você precisa apenas se permitir.

Quando você permitir que o amor em seu coração e alma se manifeste e emane de dentro do seu ser, imagine que o amor dissolve todos os laços de conexão e peça ao Arcanjo Miguel que use a sua espada de Luz para cortar a sua conexão com os fardos e limitações eternamente.

Veja-os, sinta-os ou os reconheça fluindo para longe de você.

Agora, permita-se experienciar energeticamente, a energia e a realidade livres de fardos e de limitações. Neste momento, você está se conectando com a suavidade da sua vida. Você pode se sentir amado, alegre, feliz, tranqüilo, uma sensação de liberdade e a capacidade de fazer mudanças em sua realidade.

Existir desta maneira externamente é o seu direito divino.

Ao deixar ir as suas ligações aos fardos e limitações, você não está resolvendo os problemas, nem os ignorando, mas está se permitindo entrar em um espaço de poder pessoal e em um espaço interior e ao seu redor que está em sintonia e em alinhamento com o Criador.

Quando você está em sintonia e em alinhamento com o Criador, você também acessa a verdade do seu ser, a inspiração, a intuição e a orientação interior. 

Assim, a suavidade da vida não é somente reconhecer tudo o que está em seu interior e ao seu redor como dons sagrados, mas saber que você tem a orientação dentro de você para superar qualquer situação com alegria, facilidade e perfeição.

A suavidade da vida é se afastar do sofrimento auto-imposto.

Ao se desligar dos fardos e das limitações, você está se libertando da experiência e do sentimento do sofrimento. Tudo o que perceber como a suavidade da vida, o sofrimento não está presente e não lhe permite explorar plenamente a si mesmo e as energias.

Isto pode lhe permitir que explore emoções e energias negativas, mas estas são realmente uma parte do seu ser e de sua verdade, significando que o sofrimento está presente nas vibrações do Criador?

Pode ser difícil aceitar quando você está experienciando o sofrimento de qualquer forma, mas o sofrimento pode ser uma criação auto-imposta; é também uma lição criada por você, pedindo-lhe para se amar incondicionalmente.

Com o seu poder amoroso restaurado, uma conexão com as suas intuições e um sentimento de amor que é emanado, você perceberá que os fardos e as limitações não mantêm tal poder sobre você e podem ser resolvidos por você com tremenda facilidade. Assim, você está acessando e percebendo a doçura da vida.

Eu também gostaria de trazer o foco para as suas emoções e como estas são uma poderosa ferramenta para infligir o sofrimento a você. 

É importante observar por que você acredita que deveria sofrer e por que não se acredita como digno de experienciar, de sentir e de reconhecer-se como amor. É importante perceber o que é o sofrimento; pode ser um medo, um pensamento negativo, um sentimento de tristeza...

É importante explorar os aspectos do seu próprio sofrimento, especialmente, emocionalmente.

A doçura da vida é experienciar a vida em um estado de felicidade, de paz e de amor.
Isto pode ser alcançado e mantido com facilidade: a escolha é sua. 

Lembre-se de que o amor do seu ser lhe permite se afastar do sofrimento e perceber que a sua vida é doce e que você merece desfrutar de cada momento de sua vida e realidade na Terra.

Com gratidão e amor,

Arcanjo Metatron

http://stelalecocq.blogspot.com/2013/10/metatron-docura-da-vida.html
www.omna.org
Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

Extraído de: http://stelalecoqc.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®