O MANUSCRITO DA SOBREVIVÊNCIA


O MANUSCRITO DA SOBREVIVÊNCIA 
Parte 325 
Canal: Aisha North
18.06.2013


A libertação está à vista queridos.
Um por um, vocês irão encontrar as suas verdades divinas.

Sabemos que este será um pequeno consolo para aqueles que lutam nas profundezas do desespero, aparentemente incapazes de se libertarem do verdadeiro emaranhado do velho drama e sua escória.

Todavia, como muitos já testemunharam, de repente, será como, quando os raios do sol penetram através das mais escuras e densas nuvens e só assim, a fúria da tempestade se dissipará e verá um novo mundo a suas frentes.

A razão disso é que verão um novo você dentro de você, que descascou cada último vestígio da velha pele que os contaminavam e restringiam cada movimento seus. Sorrirão de alegria quando a última peça do quebra-cabeça se encaixar no lugar e transformar toda a imagem em algo tão distante de suas antigas imagens, fazendo-os rir de alívio. Em seguida, verão todas as batalhas e lutas como se realmente fossem, apenas um passo no caminho para a iluminação.

Quando se sentirem presos dentro da velha pele de consciência da terceira densidade, não entendam como forma de punição. Lembrem-se que a razão de sentirem, no momento, uma coceira incomoda e acentuada, é porque agora carregam dentro de si algo que começou a crescer num ritmo mais acelerado. Assim, os antigos limites irão se estreitar, como se estivessem numa prisão de segurança máxima, onde estavam trancafiados, num espaço que se tornava a cada dia, cada vez mais claustrofóbico.

Mesmo que se sintam tão restritos neste espaço onde mal conseguem manter o fôlego, respirem e tentem ir além desse sentimento de asfixia, tentando conectar-se com aquele espaço interior já limpo. Se fizerem isso, irão se conectar com seus Eu Interior e encontrarão, pelo menos, um pequeno bolsão de expansão, onde poderão recuperar o fôlego. Essa é a única maneira de romperem essa densa camada externa.

Não se comportem como uma ave debatendo-se contra uma parede de tijolos de drama e tumultos. Porém, não é só por se interiorizar e conectarem com este espaço interior liberado que poderão literalmente reduzir essa espessa armadura exterior a pó. Não será fácil, pois os seus instintos lhes dirão para se libertarem rompendo essa parede. Tentem lutar contra esse instinto. Acalmem-se e rendam-se a si mesmos, fiquem à vontade com o verdadeiro Eu que já existe dentro de vocês.

Nossas mensagens, no momento parecem repetitivas. No entanto, é pelo fato de vermos que muitos de vocês estão literalmente à beira de um colapso, executando apenas aquilo que lhe disseram para fazer. Parem de lutar, pois assim ficarão ainda mais feridos e devastados. Rendam-se à sabedoria dos seus próprios Eu Interior. Assim, serão capazes de dar testemunho da verdade e, quando fizerem, o sol vai sair e brilhará fora das tormentas que parecem estar permanentemente estacionadas em seus arredores.


Webpage: Aisha North – Channelingsand Words of Inspiration
Tradução: Cândido Pedro Jorge
Fonte: Sementes das Estrelas

Extraído de: http://stelalecoqc.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®