EU PERDI TUDO - AGORA O QUE EU FAÇO?


EU PERDI TUDO
AGORA O QUE EU FAÇO?
Mensagem de Jennifer Hoffman
6 de Junho de 2013


Querida Jennifer, nos últimos dois anos eu perdi tudo: o meu emprego, a minha casa, meus amigos e mal posso falar com a minha família. Embora esteja procurando um emprego, não consigo encontrar um e estou vivendo com uma amiga agora com quem não me dou muito bem. Não sei o que fazer para melhorar a minha vida e estou passando por momentos difíceis para descobrir os meus próximos passos. Como eu posso ter a minha vida de volta e como crio a vida estável, segura e feliz que eu quero?

Resposta de Jennifer: O que você está experienciando tem sido sentido por muitas pessoas nesta última década e é difícil quando tudo em sua vida muda assim. Sua resposta de tristeza, medo e pesar diante destas mudanças a estão impedindo de criar a nova vida que você quer.

Embora possa ser difícil encontrar a energia e a coragem para ver novas possibilidades para si mesma, isto é o que você deve fazer se quer que alguma coisa em sua vida se transforme. Você pode estar se perguntando por que isto lhe aconteceu, assim vamos falar das verdadeiras razões por trás do que aconteceu aqui.

Tudo entra e sai de nossa vida diante de nosso convite, consciente ou inconsciente, assim não é possível realmente “perder” nada. Se não apreciamos o que temos e desejamos que ele se afaste, desconectamos a nossa energia disto e isto deverá deixar a nossa vida. Para convidarmos outra coisa, temos que criar o espaço para ela, através da criação de uma intenção.

Este processo é o que cria o fluxo de entrada e de saída das pessoas, situações e experiências dentro e fora de nossa vida. Quando somos gratos pelo que temos e apreciamos cada circunstância e situação, encerramos aquilo com que não mais ressoamos e a sua saída é graciosa e sem esforço. O espaço vazio é então preenchido com novas coisas para as quais definimos a intenção.

Mas quando nos sentimos impotentes e com raiva, quando odiamos as circunstâncias de nossa vida, e ficamos chateados com as pessoas e com nós mesmos, criamos uma desconexão energética sem que criemos primeiro o espaço para que o novo chegue. Podemos então nos encontrar na situação em que você está, onde tudo parece sair ao mesmo tempo e as nossas vidas ficam vazias.

Algumas questões a considerar são:

- Será que você gostava do emprego que tinha ou estava frustrada, irritada e se sentia limitada por ele?

- Você gostava dos seus amigos ou eles eram um desafio e não a serviam e nem a apoiavam de uma forma significativa?

- Você está abrigando ainda um ressentimento e raiva em relação a sua família que tem ainda que resolver com eles ou dentro de si mesma?

Com a energia se movendo de maneira tão rápida como ela faz, as respostas aos seus desejos podem chegar muito rapidamente. Não importa se estamos desejando consciente ou inconscientemente que a nossa vida mude; quando dispersamos a nossa energia através do medo, da raiva e de sentimentos de impotência, alcançamos resultados incompletos.

O Universo trabalha conosco, não por nós. 
Ele não irá criar algo para nós que não façamos ou nem criará primeiro para nós. 

Para preencher a sua vida com o que você ama, você deve primeiro se dar o encerramento com o que permitiu deixar a sua vida (aquilo que você diz que “perdeu”), sendo grata por isto e apreciando o que já criou e as lições que isto representa.

Então, você precisa começar a trabalhar com a sua intenção para criar algo novo em sua vida agora. Isto pode exigir algum tempo, mas então, novamente, você estará preparada para a mudança, que também poderá acontecer muito rapidamente.

Tudo depende do quanto está disposta a se ver como poderosa, em vez de impotente, o quanto você pode se perdoar e aos outros e se dar o encerramento que precisa para concluir estas conexões energéticas com a sua “velha” vida e criar algo novo e maravilhoso em sua vida agora.

Você não irá conseguir a sua velha vida de volta (você não gostava mesmo dela ou ainda a teria), mas você irá criar uma vida nova e mais gratificante e aprenderá a poderosa lição de como a energia funciona e como ela lhe responde de forma poderosa.

Assim, pratique a gratidão e o reconhecimento e use a intenção para criar a sua vida, em vez de dispersar inconscientemente a sua energia e então se encontre no terrível espaço vazio, como você experienciou.

www.urielheals.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Extraído de: http;//stelalecoqc.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®