A CISÃO



A CISÃO
Mensagem de Karen Bishop
22 de Maio de 2013


Avançamos e recuamos e eu não sou diferente, pois estou aqui de volta ao meu laptop para outra mensagem. Damos um salto à frente e então, continuamente, retornamos, enquanto nos integramos e nos purificamos, a fim de nos equipararmos ao espaço onde anteriormente tocamos os narizes. Mas ainda assim, continuamos a fazer um progresso seguro e estável.

Alcançamos um ponto essencial em 15 de Maio, onde paramos para marcar os nossos locais, ancorarmos e plantarmos as nossas novas estacas. Muita energia esteve em movimento ao redor do dia 15. Novas conexões com a nova grade estavam sendo feitas em prontidão para a nossa chegada.

Embora fosse anteriormente planejado que a nova grade continuaria avançando neste momento, o processo tem sido muito desafiador e difícil (com mudanças implacáveis),e, finalmente nos será dado uma grande pausa, pelo menos por enquanto. Não há previsão de como as coisas continuarão a se revelar.

Assim, mesmo neste novo ponto, ao qual chegamos através de uma mão muito forte do alto que guiou e ditou com grande intensidade, não estamos ainda preparados para sustentar sozinhos todo o planeta, e assim, existe uma cisão que continuará.

Ainda que possamos ter chegado a um ponto de parada enquanto ancoramos, temos ainda um pouco a seguir, antes que esta porção da nova grade esteja conectada completamente, o que nos permitirá começarmos de novo nos locais onde ancoramos. Espero que isto faça sentido.

À medida que os nossos novos espaços estão começando a ancorar, alguns cenários específicos estão começando a se revelar. Algumas almas que vieram para ajudar no processo de ascensão escolherão criar o seu próprio céu na terra específico para elas, e outras seguirão direto para Deus (embora ainda no corpo físico). E outras escolherão um pouco de ambos.

Aos olhos de Deus, nenhuma destas escolhas é certa ou errada, naturalmente, pois estamos todos aqui tendo uma experiência, e mais uma de nossas escolhas conscientes neste momento (a ascensão tem um hábito de ficar aparentemente no caminho da escolha pessoal, às vezes, mas em nossos níveis de alma, estamos sempre no comando e operando como um todo).

Como muitos de vocês sabem ( e que estas mensagens continuam a validar simplesmente o que muitos estão experienciando), as energias planetárias estiveram muito elevadas e continuarão desta maneira, e, assim, será relativamente fácil criarmos muito do que escolhemos, de acordo com os nossos desejos (isto está acontecendo agora de determinadas maneiras, mas às vezes pode ser difícil notar com tudo o que está ocorrendo).

Assim, quando as energias opressivas finalmente se elevarem, este é o ponto em que muitos se encontrarão confortáveis, e especialmente, depois de toda a dor e o sofrimento que tem sido tão predominante nos últimos anos. Quando finalmente nos libertarmos, muito provavelmente em Junho (como parece agora), reconquistando a nossa “liberdade”, pode parecer uma experiência intensamente diferente do que experienciamos até aqui por tanto tempo!

Outros passarão por cima disto, ou pelo menos acrescentarão um componente muito diferente, e estarão se conectando muito mais plenamente com Deus. Quando estamos em “transição”, de uma maneira muito intensa, encontrar Deus (ou até nós mesmos!), pode ser quase impossível, mas quando nos aproximamos de nossa chegada para algo muito novo e começamos a encontrar os nossos pontos de apoio novamente, encontrar Deus vem com muito mais facilidade.

E porque estamos agora nos aproximando de uma existência muito nova, estamos nos tornando Deus mais do que nunca.

Uma escolha cria uma experiência com uma justa porção de livre arbítrio e de poder pessoal, e a outra escolha envolve uma justa porção de entrega, humildade e vulnerabilidade. Uma escolha envolve uma vida mais com o indivíduo como o foco e a outra mais com o todo.

Para aqueles que foram despojados e purificados bem mais do que eles aparentemente desejavam, deixando-os se sentir como uma casca vazia, é com Deus que mais provavelmente eles querem se preencher, pois nada mais mantém o mesmo atrativo. Pois quem muitos de nós nos considerávamos ser, e mesmo o que viemos fazer para contribuir com o planeta, deixa de existir. A energia de Deus começará a nos acenar ainda mais, enquanto o teto começa a rachar.

Esta cisão envolve uma preferência pessoal e é uma questão de crenças pessoais também. Assim como muitos tiveram experiências muito diferentes com as energias da ascensão, e ainda que sejamos todos um em nossa essência, chegamos a um ponto aonde em breve iremos nos dispersar para os nossos próprios locais individuais, tudo de acordo com o que parece adequado e certo para cada um de nós.

A partir deste momento, estamos ainda nos purificando e nos preparando, e para alguns, a pressão poderá ser mais intensa do que nunca, pois parece que poderá nunca cessar. Mas nos raros momentos em que isto acontece, nova consciência com uma percepção muito diferente pode nos atingir, trazendo-nos para níveis mais elevados, até que a pressão retome novamente.

No final, a única coisa que realmente resta é o amor... se escolhermos vê-lo, pois esta é a essência que é comum a todos nós.

Do meu coração para o seu,

Karen

http://gamabooks.com/5.19.2013.html
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br


Extraído de: http://stelalecoqc.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®