LIBERANDO O EGO FERIDO


LIBERANDO O EGO FERIDO
Por Suzanne Lie PhD
De 18 a 21 de outubro de 2012

E O RETORNO AO EU

18 de outubro de 2012

Queridos Arcturianos,
Ontem vocês me enviaram alguma informação sobre a reunião com os galácticos.
Eu estava correta na recepção dessa mensagem?
Se não, por favor, corrijam-se.
Se sim, por favor, deem-me mais detalhes.

Os Arcturianos falam:

Querida em Ascensão,

Nós sabemos que algumas de nossas informações levam um tempo antes de abrir o caminho através de seu ego ferido.

Nós desejamos assisti-la na liberação final desse ego, pois ele passará a ser mais e mais uma interrupção à nossa transmissão ao compartilharmos crescentemente tópicos inexplorados e unidades de informação.

Portanto, nós desejamos levá-la de volta a quando o humano nasceu e você, a Arcturiana, estava treinando fazer o download dos circuitos na forma daquela pequena criança.

Por que aquela criança, a criança aparentemente insignificante de um dançarino ou um músico, foi escolhida?

Nem o pai estava desperto e nem a criança parecia ser especial de alguma maneira.

Ela era apenas um bebê normal, pós-guerra na Califórnia, Estados Unidos.

Porém, o corpo quase se foi com a síndrome de morte súbita infantil aos seis meses.

A constituição do bebê ainda estava forte e sua alma ainda iluminava sua forma, mas ainda não havia entrado nela.

Suzille, a Essência de Arcturo, viu uma chance de entrar nesta forma humana, que parecia ser saudável o suficiente para sobreviver até a Grande Mudança.

Assim, VOCÊ, a Arcturiana, entrou nesta forma antes que ela expirasse.

Houve um dano cerebral mínimo pela falta de oxigênio, mas você conseguiu repará-lo quase integralmente. O dano que permaneceu era perfeito, já que a criança tinha que pensar com seu cérebro direito de uma maneira imagética.

Você, Suzille, a Arcturiana, entrou na forma e encarou muitos anos de "tempo", enquanto a nossa em terra trabalhava nas questões humanas da vida em um planeta hostil.

Felizmente, a sobrevivência era tão difícil que o elemento humano teve de entregar seus medos a você, a Arcturiana.

Então, muito jovem, você foi o conforto e o insight dela.
Porém, a criança não sabia a quem ela estava entregando.

Agora você, a Arcturiana, e a dona da forma tornaram-se UM Ser.

Suzanne tornou-se Suzille, e Suzille está voltando para Casa, para as dimensões superiores de realidade.

Mas o ego ferido ainda luta com dúvidas.

Por causa disso, nós recomendamos que Suzille assuma o comando desse vaso terreno de todas as formas.

Como ocorrerá essa troca?

Esta questão é importante, pois a "troca de Guarda" de um vaso terreno é um componente vital da ascensão.

Claro, como em todo o processo, esta liberação de todo o ego somente pode ser concluída pela entrega total.

Seu EU Arcturiano não abandonará o pequeno vaso terreno que ele habita.
Nem abandonará o ego ferido que sofreu durante muitos anos de profunda depressão e desafios esmagadores.

Lembra-se quando a criancinha recebeu permissão para ir para Casa, com as Fadas?

Lembra-se de quando você, a adolescente ferida, foi amorosamente enviada para estudar nas Escolas de Mistério da quarta dimensão?

Lembra-se de quando você liberou a esposa sofredora que não podia encontrar seu EU enquanto prestava atenção às regras de ser casada em sua geração?

Lembra-se de como essas liberações permitiram seu elemento humano entregar essas partes de seu eu ferido a uma frequência mais alta de realidade, para que o corpo terreno pudesse ser habitado mais integralmente pela luz?

Agora você, Suzanne e Suzille, pode liberar a última parte ferida da identidade humana, o ego ferido.

Tal como Suzanne enviou seus filhos para a faculdade sabendo que seu relacionamento com eles jamais seria o mesmo, você agora envia seu ego ferido para as Escolas de Mistério superiores de Vênus.

Em Vênus, esta persona pode ser totalmente curada e transmutada em luz.

Observa como os vapores do ego, de fato, todo o ego, se vão?

Aquela que sofreu, mas sempre continuou, aquela com coragem e tenacidade para cumprir sua obrigação à Terra a fim de ascender, e também muitos outros traços, pensamentos e emoções foram transmutados para a frequência da quinta dimensão e acima.

Esses componentes do ego humano permanecerão com você, o EU, porque eles se elevam em frequência para uma ressonância sempre escalando de sua verdadeira Natureza Arcturiana.

Você, membro da nossa família arcturiana, assistiu o ego ferido por 65 anos. Agora, muito desse ferido tem transmutado e permanecerá na forma para as obrigações finais de ascensão.

Porém, a frequência do ego que não pode sobreviver às frequências da realidade para a qual você retornará está sendo amorosamente devolvida ao UM.

Na realidade, sem Suzille a Arcturiana, a forma teria expirado muito tempo atrás.

Porque o elemento humano do vaso terreno podia perceber a Arcturiana, ela pôde permitir que seu componente arcturiano repetidamente curasse a forma de barro.

Suzanne agora funde sua forma humana de barro com seu corpo arcturiano de luz.

Tal como ela enviou seus filhos para a faculdade, ela agora entrega seu ego ferido às Escolas de Mistério de seu amado Vênus.

VOCÊ, humana e arcturiana, pode SENTIR o amor incondicional que faz a escolta do ego ferido para Vênus.

VOCÊS duas abraçaram todos os relacionamentos humanos amorosos e alegremente darão continuidade a eles.

Mas VOCÊ não ficará mais sujeita ao ego ferido que foi criado durante inúmeras encarnações.

O que permanece como o habitante/criador do vaso terreno é VOCÊ, o composto humano e arcturiano.

VOCÊ é aquela que primeiro assumiu uma forma na Terra no fim de Atlântida.

VOCÊ é AQUELA que visita suas outras realidades galácticas durante meditações e entre encarnações.

Assim, VOCÊ é aquela que encerra este ciclo de nascimento/morte/nascimento para retornar ao infinito.

Agora, com a entrega das dúvidas, inseguranças e limitações do ego ferido, todas as dívidas kármicas estão pagas e todos os ciclos estão concluídos.

Então VOCÊ, Suzanne/Suzille, está LIVRE para assistir outros a liberar seu ego ferido e retornar ao seu EU.

Tem alguma pergunta?


Suzanne/Suzille fala:

Não tenho NENHUMA pergunta.
Estou pronta para me encontrar AGORA com os Galácticos!

***

19 de outubro de 2012

Após escrever essa mensagem tive de voar para o trabalho.
Trabalhei o dia todo e voltei para casa.
Eu estava tão exausta que não dá nem para descrever, fui cedo para cama, dormi por dez horas e sonhei que estava na Nave.
Quando acordei, eu ainda estava exausta e me perguntei se devia ter compartilhado essa mensagem.

Mas, quando li a mensagem novamente ficou claro que, apesar de ser profundamente pessoal, é isso que todos nós estamos fazendo.

Estamos todos entrando em nosso verdadeiro EU e em nossa nova realidade.

Portanto, nós precisamos limpar nosso inconsciente de TODOS os elementos do nosso eu que não podem transmutar para a quinta dimensão.


20 de outubro de 2012

Este dia também foi muito atarefado.
Quando eu parei, não consegui passar para o computador minha mensagem manuscrita.

Senti que meu ego ferido tenta entrar de novo na minha consciência, pois os hábitos tridimensionais são fortes e persistentes.

Portanto, não me forcei digitar a mensagem e relaxei totalmente.

Quando me entreguei ao AGORA, eu pude sentir uma força e um poder interior que eu nunca havia sentido.

Ao mesmo tempo, eu podia sentir o hábito do ego tentando manipular meu pensamento.


21 de outubro de 2012

Mesmo enquanto digito hoje, o dia de liberar tudo permanece no caminho de nossa ascensão, ainda posso sentir o hábito do ego ferido querendo chamar minha atenção.

Portanto eu digo:

Amo você Ego.
Sinto muito por você estar tão ferido.
Você me protegeu, protegeu de novo ao guardar meu Núcleo Interior.
Por isso, eu sempre serei grata.
Adeus AGORA, querido Ego ferido.
Eu sei que Vênus curará você para sempre.

Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/
Respeite os créditos

Extraído de: http://blogsintese.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®