O VALOR DOS CRISTAIS DE QUARTZO - PARTE 1

William LePar e O Conselho
Sexta-feira, 5 de agosto de 2011


Esta é a primeira parte de uma série de seis sobre pedras preciosas e, em particular, uma discussão detalhada do valor de cristais de quartzo.
Nesta primeira parte, a fonte espiritual de William LePar, o Conselho, dá-nos algumas informações gerais sobre cristais de quartzo e como eles podem nos ajudar.
Eles também indicam uma pedra que pode ajudar com a tensão.



O Conselho: Todas as pedras preciosas ou pedras têm um valor para o corpo humano; elas emanam determinados campos magnéticos ou campos eletrônicos, ou campos eletromagnéticos que são benéficos para o corpo físico.

Interlocutor: Eu não quero que vocês, do Conselho, se repitam. Estou querendo saber se não falaram de cristais de quartzo antes, e se poderiam nos dar algumas ideias, algumas frases neste momento. Seria possível?


O Conselho: Nós vamos limitar o que temos a dizer sobre eles. Nós preferíamos não o fazer, como devemos colocar isso, se somos conservadores no que dizemos, então há menos oportunidades para o fanatismo surgir. Você entendeu?

Interlocutor: Sim.


O Conselho: Os cristais de quartzo, agora cristais de quartzo, o tipo claro, o verdadeiro cristal de quartzo, que tem a aparência semelhante ao diamante, não tão claro, mas tem uma aparência de vidro, emanam uma vibração que pode ajudar como um auxiliar de cura geral, desta maneira, ou desta forma, emana uma energia que está em sintonia com o corpo de modo que, ao se utilizar tal pedra , ela pode adicionar um pouco mais de vitalidade e energia para o corpo.

Quando alguém está particularmente cansado, pegar a pedra, esfregá-la nas mãos, ou segurá-la nas mãos, ou esfregar na testa, pode adicionar um grau de energia ou vitalidade.

Com um indivíduo que esteve doente e está um pouco enfraquecido, a pedra também pode adicionar energia até onde alcançar, de modo que o corpo tenha um pouco mais de vitalidade do que teria em seu estado normal.

Em alguns indivíduos, se eles estão com a mente perfeita, também pode influenciar o pensamento superior ou mais, digamos, o pensamento etéreo ou que tem menos a ver com os desejos materiais da natureza do homem.

Com um indivíduo que seria hiperativo, nós não recomendamos o uso constante de tal pedra.  Para esse tipo de indivíduo essa pedra só deverá ser usada se o corpo físico está doente. É suficiente?

Interlocutor: Isso é muito útil, obrigado.

Só para esclarecer, vocês disseram "hiperativo". Vocês usaram essa palavra literalmente, e não se refere a hipertensos?


O Conselho: Estamos nos referindo às crianças hiperativas em particular. Essa tendência chega à idade adulta.

Para um indivíduo que pode estar sob uma grande quantidade de tensão ou estresse, nós não sugerimos o uso dessa pedra.


Interlocutor: Posso perguntar-lhe se haveria outra pedra que seria benéfica para o indivíduo tenso, que estaria sob estresse?

O Conselho: Para uma pessoa com uma grande dose de estresse ou tensão, aquela que é normalmente conhecida como pedra da lua ou quartzo branco. Que muitas vezes se assemelha, quando polida, a uma casca de ovo translúcida ou, em alguns casos, pode ser um tanto mais branca ou cor pérola. A pedra da lua comum, que as crianças encontram em pedreiras de modo geral, seria este tipo específico de pedra a que estamos nos referindo. Sem polimento, é de um branco leitoso apagado. Em seu estado polido, pode ter o que parece ser fraturas, que lhe dariam certo grau de cor translúcida ou opalescente.

Mantê-la sobre o corpo vai trazer alguns efeitos calmantes para um indivíduo.
Jogá-la, esfregá-la nas mãos, ou brincar com ela, também irá aumentar o efeito.
Esfregar na testa e na parte de trás da cabeça, na base do crânio, na parte superior do pescoço, esfregar a pedra nessa área, da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda, em vez de para cima e para baixo, também irá adicionar alguns efeitos calmantes.

Em relação ao que nos referimos como a pedra da lua, quartzo comum ou quartzo nublado ou quartzo branco, é conhecida por uma série de nomes diferentes, quando usada como um apaziguador de tensão ou um calmante para o estresse, deve estar em seu estado polido, ao invés de seu estado natural.


Na próxima postagem, na segunda parte, o Conselho discute cristais de quartzo e meditação. Também nos fala sobre a melhor pedra para a cura.

Para mais informação sobre William LePar e O Conselho veja:
www.WilliamLePar.com/
Fonte: http://www.williamlepar.blogspot.com/

Tradução: SINTESE (Grão 5)
http://blogsintese.blogspot.com/
Respeite os créditos

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®