A menos que atinja o seu objetivo, você será mandado de volta


Na morte, você não morre. Simplesmente a energia que foi dada a você por meio do corpo e da mente é liberada e volta para o mundo. Você volta para casa.

Se não morrer do jeito certo, você nascerá novamente. Agora deixe-me explicar isso a você. Se não morrer do jeito certo, se não chegar ao orgasmo pleno que é a morte, você nascerá outra vez porque não aproveitou e precisa de outra oportunidade.

A existência tem muita paciência com você. Ela sempre lhe dá outras oportunidades. Ela tem compaixão. Se você não aproveitou esta vida, a existência lhe dará outra. Se fracassou desta vez, você será mandado de volta para este mundo para uma outra rodada.

A menos que atinja o seu objetivo, você será mandado de volta muitas e muitas vezes. Esse é o significado da teoria do renascimento.

O Deus cristão é um tanto miserável: ele só conhece uma vida. Isso gera muita tensão. Só uma vida? Não há tempo nem para errar nem para se extraviar. Isso causa uma profunda tensão. No Oriente, nós criamos o conceito de um Deus mais compassivo, que continua nos concedendo oportunidades. Você não aproveitou esta vida? Então tome outra!

E, num certo sentido, isso é muito sensato. Não existe nenhum Deus personificado como esse que dê vida a você. Na verdade, é você quem faz isso.

Você já observou às vezes? À noite você vai dormir. Só observe. Quando cair no sono, quando estiver adormecendo, simplesmente observe o seu último pensamento, o seu último desejo e o último fragmento da sua mente. Então, pela manhã quando acordar, não abra os olhos; mais uma vez observe. O último fragmento será o primeiro.

Se você pensar em dinheiro quando estiver caindo no sono, exatamente o mesmo pensamento lhe ocorrerá pela manhã. Você estará pensando em dinheiro novamente — porque esse pensamento continuará na sua mente e esperará por você para voltar.

Se estiver pensando em sexo, pela manhã você também estará pensando em sexo. Seja o que for... Se estiver pensando em Deus e rezar e esse for o seu último pensamento à noite, a primeira coisa que você perceberá pela manhã é uma prece brotando dentro de você.

O último pensamento à noite é o primeiro pensamento pela manhã. O último pensamento desta vida será o primeiro pensamento da seguinte. O último pensamento quando você estiver morrendo se tornará a primeira semente da sua próxima vida.

Mas, quando um Buda morre, um homem que tenha chegado lá, ele simplesmente morre sem nenhum pensamento.

Ele sente o orgasmo. Ele está tão preenchido, tão plenamente preenchido que não há necessidade de voltar. Ele desaparece no cosmo. Não há necessidade de incorporar novamente.

Osho, em "O Livro do Viver e do Morrer: Celebre a Vida e Também a Morte"

Extraído de: http://portalarcoiris.ning.com

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®