segunda-feira, 21 de março de 2011

SINTOMAS DO DESPERTAR

Robert Theiss
Publicado em 20.03.2011
 
FÍSICO


É natural experienciar uma variedade de desconfortos físicos durante esta transição. Nossos corpos têm a habilidade de armazenar experiências do nosso passado em nosso DNA. Mudar a nossa atenção para estarmos no momento ajuda a liberar as energias que não mais nos servem. Respirar, fazer exercícios leves e beber grandes quantidades de água pode facilitar esta transição. Muitas pessoas experimentam sentimentos de não estarem ancorados, vertigens ou desconexão com o seu corpo. Passem um dia na praia, nas montanhas ou no deserto. Sentem-se com as costas próximas a uma árvore, enquanto praticam a respiração lenta e profunda. Vocês também podem imaginar no decorrer do seu dia que o seu corpo está conectado a esta Terra por uma raiz que se estende da base da coluna, até o centro deste planeta. Imaginem esta raiz descendo e se re-conectando com a presença de Gaia: isto os ajudará a se sentirem mais ancorados. Sua dieta mudará naturalmente para acomodar as suas novas escolhas. Comecem a confiar que o seu corpo tem a sua própria inteligência e está trabalhando de forma extraordinária para integrar a sua crescente consciência. O que, quando e como vocês comem, pode mudar em uma base diária. Prestem atenção a como o seu corpo se sente no decorrer do seu dia.

EMOCIONAL

É normal em qualquer processo de despertar experienciar uma gama completa de emoções. Um dia vocês poderiam se sentir no topo do mundo, cheios de energia, de entusiasmo e de alegria. Vinte e quatro horas mais tarde, poderiam precisar de cada grama de energia apenas para rastejar para fora da cama. É importante que aprendam a observar as suas emoções a partir de uma mente e um coração soberano e permitir que todos estes sentimentos venham à tona. É muito comum experienciar a tristeza, oscilações de humor e períodos de sentimentos depressivos. Confiança, aceitação e um ótimo senso de humor facilitarão esta transição.

MENTAL

A mente esteve atrelada à alma por um longo tempo. Alterar este relacionamento requer muita paciência. Quando vocês começam a mudar o seu passado para definir a sua identidade, é comum ter uma perda de memória em curto prazo. Viver no momento presente não tem história ligada a ele. Sua mente se torna uma testemunha de suas novas experiências, pois ela reúne informações para recriar a sua identidade. Isto é uma experiência muito frustrante para a mente. Parece que a sua história está se dissolvendo, e está. Integrar novas escolhas a sua vida requer tempo. Quando vocês começarem a adotar uma nova e soberana identidade, precisarão ensinar a sua mente como servir a este relacionamento.

ESPIRITUAL

O processo do despertar provoca naturalmente um profundo desejo de retornar à fonte da vida. Este anseio há muito tempo mantido, esteve com vocês por toda a criação. Vocês não podem agora realizar este desejo, permitindo que o Espírito venha até vocês. A arte de estar na curadoria transforma o nosso relacionamento com o Espírito, com o eu Divino e com toda a vida.

RELACIONAMENTOS

Um ser humano auto-capacitado pode desafiar todos os nossos relacionamentos pessoais. Sejam gentis e pacientes com o seu eu; aprender a respeitar, honrar e valorizar o seu ser requer tempo. Novos amigos e companheiros entrarão em sua vida que respeitam as suas novas escolhas.

EMPREGO

Um despertar espiritual nos convida a um espaço de maior valor em nosso ser. Nós começamos a adotar uma nova liberdade para expressar todos os nossos sinceros desejos. Isto naturalmente muda como nos sentimos em relação ao nosso ambiente de trabalho. Vocês descobrirão novas oportunidades que apoiarão a sua consciência em expansão.

CRIATIVIDADE

No passado, a nossa paixão pela vida foi estimulada por perseguir, alcançar, estabelecer metas e cumprir agendas pré-determinadas. Isto exigiu muito trabalho árduo e esforço. Quando vocês se acostumarem a viver no momento, descobrirão uma nova paixão que está apoiada por um coração e mente soberana. Vocês descobrirão a liberdade para expressar-se fora das condições e parâmetros que herdaram.

Um despertar espiritual envolve a mudança. Todos estes sintomas passarão com o tempo. Vocês olharão para trás para todas as escolhas que estiveram dispostos a fazer para o seu ser com um profundo sentimento de gratidão e de alegria.

NOSSO EU DIVINO


No centro de nossa alma, reside um aspecto de Deus soberano, inseparável, a fonte da vida. Isto representa a nossa natureza divina, nosso Eu Divino. Alguns chamaram de nosso Eu Superior ou a nossa alma. Seu Eu Divino incorpora a dádiva da criação. Ele projeta aspectos ilimitados de si mesmo em uma variedade de dimensões, a fim de que vocês experienciem incontáveis variações de vida, pela mera alegria disto. Imaginem este Eu Divino na forma de uma roda. A essência de seu Eu Divino reside no centro. Inúmeros raios se estendem do centro e se conectam em um ponto em um aro externo. Esta conexão com este raio representa uma variedade de aspectos ou fragmentos individualizados deste Eu Divino. Como um ser humano, nós representamos este Eu Divino como um aspecto de si mesmo, residindo neste aro externo. Podemos manter nossas próprias e únicas identidades, enquanto também nos sentimos interligados a nossa natureza divina.

Através de uma variedade de experiências e escolhas, estes aspectos de nosso Eu Divino podem experienciar a vida sem estes raios no lugar. Os próprios raios podem ser quebrados, mas eles podem sempre ser reparados. Seu Eu Divino não interferirá, mas vocês podem sempre optar por se conectar. Um despertar espiritual convida a nossa identidade humana a reconhecer o nosso Eu Divino como uma parte de quem nós somos. Quando expandimos a nossa consciência, começamos a reconhecer que o nosso Eu Divino é também um aspecto de um Eu Divino maior. Conscientizamo-nos de uma variedade de outros aspectos individualizados, ainda que interligados ao nosso Eu Divino, cada um residindo no aro de sua própria e única conexão. O raio representa uma conexão energética com o nosso Eu Divino, e o aro representa a sua natureza multifacetada e multidimensional. Reunir o nosso Eu Divino a nossa natureza humana não transforma a nossa identidade para nos tornarmos um super homem. Vocês não serão capazes de saltar de prédios altos, mas terão acesso a uma consciência que engloba a integridade, a paciência e a compaixão.

UM RELACIONAMENTO VERTICAL


Criar e manter uma conexão vertical e energética com o seu Eu Divino muda como percebemos a vida. Em um relacionamento polarizado, vocês percebem reflexos da vida em conflito uns com os outros. Luz e escuridão, céu e terra, homem ou mulher, são percebidos como opostos. Seu Eu Divino percebe a realidade a partir de um estado unificado da consciência como um aspecto individualizado e soberano do Espírito. Um relacionamento vertical permite que a consciência desça a sua mente, corpo e alma. Isto intensificará muito a sua vida e ajudará a transformar estas agendas polarizadas que residem dentro de vocês.

O HUMANO DESPERTO


Nosso Eu Divino reside agora dentro do nosso corpo, mente e alma. Somos livres agora para expressar todas as nossas habilidades criativas a serviço de nossa alegria e paixão.

Mensagem de Robert Theiss

-------------------------------------------------------------------------------
Fonte: http://teachingsofmichael.blogspot.com/2010/11

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Extraído de: http://www.luzdegaia.net/outros/diversos/sintomas_do_despertar.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...