PARA OS CURADORES

KRYON

Para os curadores: Intensificação da Nova Energia

Tenho alguns conselhos para os curadores. O meu sócio [falando de Lee] nunca deu algo como isto, portanto faça-o correctamente. [Com um sorriso, Kryon adverte Lee para ir devagar].

Aqui encontram-se muitos curadores, mais muitos mais estão a ler. Uns utilizam a energia, outros têm habilidades físicas e eles sabem quem são.

Tenho alguns conselhos para si, se for um curador. Gostaria de intensificar as suas capacidades curadoras? Então, antes de mais, falemos do que actualmente está acontecendo. Alguns de vós deixaram o seu trabalho de cura porque as coisas não estavam funcionando da forma habitual.

Nesta nova energia, surge frequentemente, uma nova pergunta: «As modalidades de cura que utilizei no passado ainda funcionam?». A resposta é afirmativa – de facto e por intuição serão capazes de as utilizar ainda melhor do que anteriormente. – mas, também há alguns conselhos.

O primeiro é este: É hora de fazer algo que nem todos estão fazendo. Pratiquem a Mestria! Se vão ser o recipiente para o equilíbrio, estejam equilibrados!

Já lá vão os dias em que os curadores podiam deter a informação e o conhecimento; abrirem o livro, fazerem o trabalho e depois seguirem e fazerem o que escolhiam com os seus próprios corpos.

Pela primeira vez vou dizer-lhes que as vossas capacidades curadoras estão conectadas com o trabalho que estão fazendo em vocês mesmos – Física e espiritualmente.

Você é um recipiente puro para equilibrar os outros e isso vai ser “visto”, a nível celular, por aqueles em quem trabalha ou aconselha. Mas se deseja abandonar rapidamente a prática da cura, então digo-lhe que é fácil. Curador, basta tornar-se desequilibrado e tudo se pulverizará num instante. Antes, não era assim.

Curador, na velha energia os princípios funcionavam sem importar o que fazia quando estava só.

Deve ter repetidamente, colocado os cristais ou as agulhas no seu preciso lugar, ou praticado as formas antigas ou criado as cores correctas. Talvez visualizasse os símbolos correctos e lhe desse o correcto foco de energia. E, desta forma era possível estar perante uma cura. Mas já não é assim!

Então aqui está o conselho: Harmonizem-se!

Possui algum hábito que esteja matando as suas próprias células? E pensa que pode esconder isso daquele em quem está trabalhando? Nos velhos tempos, sim! Mas desde o trânsito de Vénus, já não!

Lembrem-se, os atributos do Transito de Vénus têm a ver com o equilíbrio do masculino e do feminino. Parte desse equilíbrio é a criação, a nível celular, das capacidades intuitivas para a Humanidade. Está começando a funcionar e por isso tantos estão a “acordar”. O corpo humano já não está “inconsciente” do que se passa à sua volta, ou do que lhe está acontecendo. Está a começar a reagir às frequências da consciência e muitas vezes essas são vocês! Este é o número um.

O número dois, também tem a ver com a harmonização. A frequência da sua realidade mudou. Oh, as suas modalidades curadoras ainda funcionam, mas vão começar a cair, a não ser que comecem a procurar a nova frequência em que serão activadas.

Sabemos que esta não é informação em 3D e como tal é difícil de descrever. Como tal pensem nela desta forma: A vossa estação de rádio favorita aumentou o seu poder e move-se para um novo dial (uma nova frequência de transmissão). Se mantiverem o dial fixo na antiga frequência, ela vai-se afastar gradualmente. Muito em breve não haverá música e terão de girar o dial e de facto procurar. Poder-se-ão perguntar: «Onde está o meu novo canal?»

Não é nenhum mistério para onde a frequência está indo, mas não deixem que isto os tome de surpresa. Fluam com ela, agora. Se estiverem conscientes disso, receberão a informação gradual e intuitivamente. Mas devem entender a premissa: o que funcionava ontem, pode não funcionar amanhã, a não ser que se harmonizem e encontrem a nova frequência para a qual tudo se desloca.

Agora falamos genérica e metaforicamente. A razão pela qual o fazemos é porque é impossível comunicar cada detalhe dos muitos atributos com que cada um de vós pessoalmente se depara. Desta forma damos uma visão geral. Mas curador, você sabe do que eu falo!

Talvez tenha encontrado uma premissa e trabalhado com ela durante algum tempo? Fez uma investigação científica – tendo-a inclusivamente comprovado no seu gabinete de cura - e agora ela começa a fugir-lhe? As coisas já não funcionam tão bem como antes e até poderá dizer: «Bem isto é porque as pessoas já não estão tão receptivas. Estão mais densas».

Não, de facto eles não estão! Acontece precisamente o contrário! É hora de você fazer a mudança. As pessoas receberam novas ferramentas e estão começando a acordar e a perceber as diferenças!

Matéria bizarra

Há aqui uma coisa que talvez não entenda. Curador, enquanto faz esta mudança procure o que é estranho, bizarro! Vou-lhes dar um exemplo: O mestre acupunturista tratará os 12 meridianos do corpo. E só há 12. – esta é uma ciência antiga que permaneceu sem mudanças, já que é o modo como o corpo funciona energeticamente. Este é o processo com que permanecerão. Agora vou-lhes dizer quantos meridianos, realmente, há desta vez. Para começar, neste ano há 24!

«Kryon, quer-nos dizer que estamos adquirindo mais meridianos? Então isto não é algo que “é, ou não é”? Inclusivamente, como pode um profissional de saúde começar a tratar de um Ser Humano se as regras que regulam o funcionamento da saúde mudam constantemente?» Se fizeram esta pergunta, então são muito astutos! Sim o Ser Humano está a mudar! A resposta à sua pergunta é: “Como” mudar o curador!

O Ser Humano está adquirindo, constantemente, meridianos? De facto, não! Eles sempre aí estiveram!

Porém agora, numa energia em que estão ficando equilibrados e inter-dimensionalmente conscientes, aquilo que sempre ali esteve, embora invisível, começa a mostrar-se com maior clareza.

O resultado? Cura intensificada! Mas isso requer uma consciência inter-dimensional do curador!

A inter-dimensionalidade é estranha para um Humano 3D! Não deixem que, a vossa busca seja interrompida, por algumas perguntas intelectuais 3D. Como por exemplo, onde estão os outros 12 meridianos? Não os procure em locais do corpo físico! Estão acima dos 12 originais!

Podem dizer: «O quê? Como podemos fazer uma acupunctura precisa e ao mesmo tempo inserir as agulhas num espaço aberto?» E isto torna-se estranho para um Humano 3D!

E a intenção do curador?

Colocam uma agulha e intencionam que sejam duas! Funciona? Claro que sim! Se compreendem e reconhecem que esse meridiano, existe sobre aquele antigo, então estão no bom caminho! O de cima, é um meridiano inter-dimensional que começa a harmonizar os corpos de formas inter-dimensionais, mas também se relacionam com o propósito dos meridianos físicos.

Se conseguem compreender isto, então estão bem adiantados no jogo.

Lembrem que a acupunctura é uma ciência de energia. Está relacionada com o movimento de energia no corpo. No momento em que a energia do planeta está a mudar e a afectar tudo, esperavam que o corpo humano não mudasse também a sua forma de encarar a energia?

Pelo simples facto de reconhecer isto, aumenta o seu conhecimento e a sua potência como curador. E quando inserirem a agulha no meridiano, como sempre fizeram, mentalmente convertam-na em duas agulhas. Quem sabe, agora possam entender porque é tão importante a saúde mental e corporal do curador! Um curador que está apenas “passando pelo processo”, nunca poderá ir além da 3D de tudo isto.

A propósito, tudo isto serve para quê? É a sua cura? A resposta é não! É para equilibrar. A acupunctura é um sistema de equilíbrio. A cura da energia é um sistema de equilíbrio.

Os curadores, não curam, equilibram!

A reacção individual da Pessoa Humana a uma técnica de equilíbrio, utilizada por um curador equilibrado, é que cura o Humano.

Promovam a consciência do paciente

Demos-lhes instruções há mais de uma década e vamos praticar essa premissa, inclusivamente com os ouvintes presentes esta noite. Não podemos escapar dessa premissa básica e encorajamos, cada curador aqui presente a fazer o que estamos prestes a rever: Cada vez que virem um paciente interajam com ele de um modo específico: Perguntem-lhe se, nesse dia, dão permissão para a cura! Não permitam que se dê o caso de eles pensarem que são vocês que lhes vão resolver a situação, tendo eles apenas que se deitar numa marquesa, enquanto vocês fazem a magia, e que depois se levantam e vão embora. Em vez disso, façam-nos participar no processo.

Considerem isto: Antes mesmos de eles se instalarem, olhem-nos nos olhos e perguntem-lhes se eles dão permissão para que, a sua própria estrutura celular, se modifique.

Tem a ver com intenção! Quem sabe vocês possam dizer: «Hoje, você dá permissão para que o seu ADN se transforme?» Faça com que verbalizem “Sim” ou “Não”. Com certeza dirão que sim! Para além disso provavelmente pagaram para estar ali.

Apenas o som no ar e o seu corpo escutando que estão a dar permissão para a cura, prepara a cena para a sua própria cura.

Se quiserem ir um pouco mais longe, podem fazer a segunda pergunta: «Compreende que é o único responsável, pelo que se passa no seu corpo?» A pessoa necessitará de pensar um pouco. E poderão dizer: «Sim». Então curador, faça o seu trabalho.

Isto é profundo. Necessita compreender que isto é parte do pacote de cura… de facto parte do pacote. Tornem-nos responsáveis juntamente convosco, e em equipe façam o trabalho.

Há, algo que mencionámos recentemente, mas nunca numa canalização: Conhecemos um segredo a respeito dos curadores – um segredo que eles nem admitirão.

Quando estão sós e ninguém está vendo, muitos sentem-se culpados. Sentem-se culpados por causa dos que não puderam ajudar, dos que não puderam curar. A sua auto-estima sofre por isso!

Os curadores são Trabalhadores da Luz, que literalmente têm o dom de tocar as pessoas física e energeticamente e ajudá-las nas suas vidas, mas no entanto estão sós e sentem-se muito pequenos. Muitas vezes perguntam-se se estão fazendo algum bem no planeta. De facto, a um outro nível sabem bem mais do que isso, mas em 3D sofrem de auto-estima negativa.

Curador, se esse é você, tem agora à sua volta cerca de um trilião de entidades que desejam envolvê-lo com os seus braços e dizer-lhe: «Você não tem ideia de como está a ajudar o planeta!»

Sabiam queridos, que quando um Ser Humano se levanta da sua marquesa, tendo alcançado alguma melhoria na sua biologia, isso realmente muda Gaia? Sabiam disso? Sabiam que cada passo que dão com integridade e inteligência espiritual, ajuda Gaia? Digamos que vão fazer compras e no caminho fazem uma pequena oração. Ajudaram o planeta! Mas no entanto sentem-se muito comuns e questionam-se se estão a fazer algo!

Tomemos um momento para dançar e celebrar convosco! Porque o véu os impede de ver os seus próprios resultados!

Imagine que caminha por terras férteis durante vários anos e que por onde passa deixa sementes. Elas são semeadas automaticamente, porque onde quer que pise as deixa apenas com a sua presença. Anos se passaram e está em casa, pensando se fez alguma coisa pelo Planeta Terra. Sofre com a sua aparente sensação de não ser nada, dado que nunca conseguiu voltar aos lugares onde passou e dar uma vista de olhos. Se pudesse ver, veria bosques e plantas gigantescas, campos de flores espectaculares, todas com o seu nome nelas.

Esta é a forma como funciona, quando está na dualidade.

Fonte: http://www.pelavitoriadaluzadonay.blogspot.com/

http://www.cassiaderesenderixse.blogspot.com/
http://www.cassiarr.blogspot.com/

Extraído de: http://anjodeluz.ning.com/

Postagens mais visitadas deste blog

CÍRCULO DE LUZ E AMOR DE MARIA - MENSAGEM RECEBIDA AOS 07.03.2017 POR JANE RIBEIRO

DEZESSEIS SINAIS DE QUE VOCÊ É UM CURADOR

O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch®