O PLANETA AZUL

Mensagem de Eu Sou Muito Pequeno
Para Querer Ser Alguém
através de Ben Kalil
em 03 de dezembro de 2010

Deus, meu Pai Eterno, meu Pai Supremo, eu Lhe agradeço por tudo de bom que surge em meu caminho.

Eu sei que sou o menor fiel que está ao Seu lado.

Mas sei também que estou mais perto, pois eu sinto o Seu Fluído, a Sua Luz e a Sua Santidade.

Glória, glória, glória a Sua Santidade.

Eu estou feliz, eu conheço a felicidade pela graça, pela Sua graça.

Eu sei que não tenho nenhum direito de Lhe pedir nada, pois o Senhor já meu deu tudo.

Mas tenho, vamos dizer assim, um sentimento nobre de Amor que me obriga sempre a pedir, não por mim, mas pelos meus irmãos que estão em pleno desenvolvimento no planeta chamado por eles mesmos de Planeta Azul.

Então, meu Pai, meu Pai Aclamado, meu Pai Adorado, faça com que os Fluídos Azuis caiam sobre este Planeta em forma de Luz, em forma de benefícios, em forma de carinho, em forma de Amor.

Dê isto a esses meus irmãos a quem humildemente quero proteger.

E por que eu quero protegê-los?

Porque são Seus filhos e assim sendo, são meus irmãos.

Este Planeta Azul, tão lindo e tão bem edificado está neste momento desarrumado, está neste momento fora, meu Pai, de seus propósitos.

É por isso que eu, em minhas palavras, peço, imploro que os perdoe e que ponha em seus egos, eu poderia dizer até o sentido de arrependimento, mas eu acho essa palavra muito dura - "arrependimento" - para esses meus irmãos em Cristo.

Então, em meu pedido, eu peço que lhes dê proteção e que abra as suas mentes para boas ações, bom convívio entre si.

É esse o meu pedido a Deus pelos seres humanos que aqui habitam.

E a vocês, meus irmãos de fé, a todos vocês eu quero dizer que a fé deve existir entre vocês.

Eu quero dizer que o sorriso, que o abraço e que a vontade de serem sinceros uns com os outros devem fazer parte das suas atitudes no convívio entre vocês.

A falta da capacidade de vocês sentirem a Luz Divina, de sentirem o Espírito Santo de cada um de vocês é que provoca essa desunião e esse desacerto neste mundo encantador, neste mundo maravilhoso em que vocês vivem.

Olhem para o lugar em que vocês estão, olhem para a família que vocês criaram, olhem para os seus amigos com carinho e com vontade de ser útil.

Eu estou dizendo isso, vamos assim dizer, para cada um de vocês, pois cada um de vocês tem a obrigação de ser feliz, mas cada um de vocês também tem outra obrigação: fazer felizes aqueles que perto de vocês convivem.

O Amor, a Paz, a Tranquilidade são coisas essenciais às suas vidas, à vida de todos vocês.

Todos vocês têm de se sentir assim para que o seu dia a dia se transforme em Tranquilidade, em Paz e em Amor.

É isso que eu quero que vocês compreendam.

A vida de vocês se tornará mais fácil, mais linda e mais amorosa se todos tiverem a mesma compreensão.

Que os Fluídos e a Luz de nosso Mestre Maior lhes deem a compreensão que eu estou lhes passando.

Eu não quero fazer nenhuma imposição, eu só quero que vocês sejam felizes, mesmo por que Eu Sou Muito Pequeno Para Querer Ser Alguém.

Extraído de: http://blogsintese.blogspot.com/

Comentários