O TERRÍVEL CUSTO DE NÃO PERDOAR

“A pessoa que mais precisamos perdoar é NOS MESMOS, por que SOMOS NOS

QUE ESCOLHEMOS PERMITIR QUE OUTROS NOS MACHUQUEM.”

“Não perdoar é visto como um dos mais severos e limitadores problemas da experiência humana.”

Existem custos inevitáveis para nos que estamos presos no não perdoar. Todos estes custos estão em operação, continuamente, em cada não perdoar não importa se nos o reconheçamos conscientemente ou não. Estas conseqüências acontecem com todos, toda vez que somos apanhados por alguma situação que
não resolvemos e não perdoamos. Todos nos pagamos este alto custo nas nossas vidas repetidas vezes.

Nos provavelmente ainda pagamos em muitas áreas da nos psique e do nosso espírito que precisam de cura.
Considere estas como conseqüências do julgamento, da critica e do não perdão.

1. Nós continuamos a sentir a dor psicológica da ofensa recebida.


2. Nós bloqueamos uma comunicação saudável e a potencial reconciliação com o “ofensor”.


3. Nós recebemos ofensas similares por outros que lembram-nos o ofensor.


4. Nós atraímos situações similares, pessoas e insultos para nós.


5. Nós entregamos o nosso poder pessoal para outros determinarem como nos sentimos e respondemos (de fato, nós “reagimos”) em situações similares.


6. Nós nós rendemos incapazes de realmente, conhecer e aprender a verdade sobre o evento que “danificou” o relacionamento.


7. Nós adicionamos negatividade tóxica nos relacionamento presentes.


8. Nós isolamos/prevenimos/evitamos/limitamos nós mesmos de termos novos relacionamentos, mais saudáveis e mais satisfatórios.


9. Nós tornamos vulneráveis, maliciosos, ressentidos e amargos.


10. Nós desrespeitamos, destruímos e depreciamos a nos mesmos em níveis profundos da nossa mente.


11. Nós bloqueamos espiritualmente de receber ajuda e cura do Fonte Superior.


12. Nosso espírito e alma contraem (paralisam) mais e mais.

Certamente muito mais pode ser adicionado a esta lista. Ainda muitos de nós tem algumas destas atitudes queimando no fundo de nossas mentes subconscientes.

Tomando uma atitude de superioridade com a intenção de causar mal ou perda para alguém, incluindo a si próprio, é um problema espiritual maior, bem como psicológico. Considere isto. Quando eu assumo uma posição julgadora, critica, punitiva, vingativa ou de rejeição contra alguém, incluindo a mim mesmo, o que eu estou fazendo espiritualmente ?

Bem eu estou brincando de Deus !

Eu estou me colocando como juiz, júri e executor. Eu estou, conseqüentemente, violando o Primeiro Mandamento! Isto significa que Deus não pode sequer me ajudar com o meu dilema de Não Perdoar. Eu estou por conta própria com meu sofrimento e o terrível custo do meu próprio não perdoar.

Se você olhar para esta violação da perspectiva religiosa ou filosófica, ou não, ela ainda ferve fazendo-me o centro do poder e o centro do universo. Esta é uma posição muito perigosa para estar por que nenhum de nos tem este poder ou autoridade em nos. Isto é reservado para nosso Poder Superior. Logo, esta é uma batalha perdida para nos com todos os custos descritos acima.

O maravilhoso pagamento de trabalhar o não perdoar é que você pode erradicar todo o terrível custo !! Perdoar todos e desfrutar as benções da nova e maravilhosa liberdade que você tem !

Tradução – silvana.pereira@gmail.com

Fonte: http://www.besetfreefast.com/

For more information, please see the BSFF Website at

http://www.luzdegaia.org/aajuda/perdoar.htm

Comentários